35 Exemplos de
Fusão, solidificação, vaporização, sublimação e condensação

Existem vários processos físicos através dos quais a matéria pode mudar o seu estado de agregação, alternando entre sólido, líquido e gasoso, de acordo com as condições específicas de pressão e temperatura a que está sujeita.

O estado de agregação de uma substância pode mudar se for fornecida ou extraída energia dela, geralmente na forma de calor. Por esse motivo, a quantidade de energia com a qual suas partículas vibram varia, permitindo maior ou menor proximidade entre elas e, portanto, alterando a natureza física da substância em questão.

Esses processos são: fusão, solidificação, congelamento, vaporização, ebulição, sublimação, sublimação inversa, liquefação e condensação.

  • A fusão é a passagem da matéria sólida para a líquida por meio do aumento da temperatura do sólido (até seu ponto de fusão).
  • A solidificação é a passagem da matéria líquida para sólida ao aumentar a pressão do líquido.
  • O congelamento é a passagem da matéria líquida para a sólida ao diminuir a temperatura do líquido.
  • A vaporização envolve a passagem de um estado líquido para um estado gasoso ao aumentar a temperatura do líquido. Esse processo ocorre de forma gradual e lenta.
  • A ebulição implica a passagem do estado líquido para o estado gasoso à medida que a temperatura do líquido aumenta até seu ponto de ebulição (a temperatura na qual a pressão de vapor do líquido se iguala à pressão ao redor do líquido).
  • A sublimação é a passagem do estado sólido para o gasoso, sem antes passar pelo estado líquido. Este processo ocorre em uma temperatura e pressão muito específicas.
  • A sublimação inversa ou deposição é a passagem de uma substância gasosa a sólida sem passar primeiro pelo estado líquido. Ocorre em pressões e temperaturas muito específicas.
  • A condensação converte gases em líquidos ao diminuir a temperatura dos gases.
  • A liquefação é a passagem de um gás para um líquido quando, além de diminuir a temperatura do gás, aplica-se a ele uma pressão elevada.

Exemplos de fusão

  1. Derreter gelo. Ao aumentar a temperatura do gelo, seja deixando-o em temperatura ambiente ou submetendo-o ao fogo, o gelo perderá sua solidez e se converterá em água líquida.
  2. Fundir metais. Diversas indústrias metalúrgicas operam com base no derretimento de metais em grandes fornos industriais, a fim de moldá-los ou fundi-los com outros metais (ligas).
  3. Derreter velas. As velas, feitas de parafinas (uma mistura de hidrocarbonetos, alcanos), permanecem sólidas em temperatura ambiente, mas ao serem submetidas ao fogo do pavio, derretem e se tornam líquidas novamente até esfriarem.
  4. O magma vulcânico. Submetida a enormes pressões e temperaturas, essa substância que vive nas profundezas da crosta terrestre pode ser considerada como rocha derretida ou fundida.
  5. Queimar plásticos. Ao aumentar a temperatura acima das condições normais, certos plásticos rapidamente se tornam líquidos, mas voltam a se solidificar com a mesma rapidez uma vez que a chama não esteja mais em contato direto com eles.
  6. Derreter queijo. O queijo é um coagulado lácteo que geralmente é mais ou menos sólido em temperatura ambiente, mas, submetido ao calor, torna-se líquido até esfriar novamente.
  7. A soldagem. O processo de soldagem envolve a fusão de um metal por meio de uma reação química de alta temperatura, permitindo que se una a outras peças de metal à medida que se tornam menos sólidas e, ao esfriar, recuperem a solidez.

Exemplos de solidificação e congelamento

  1. Converter água em gelo. Se removermos o calor (energia) da água até que ela atinja seu ponto de congelamento (0 °C), as moléculas líquidas perderão sua mobilidade e a água líquida se transformará em um estado sólido: o gelo.
  2. Fabricar tijolos de argila. Os tijolos são produzidos a partir de uma mistura de argilas e outros componentes que formam uma pasta semilíquida. Assumem sua forma específica em um molde, onde são cozidos para remover a umidade e, por sua vez, dar-lhes solidez e resistência.
  3. Formação de rochas ígneas. Esse tipo de rocha se origina do magma vulcânico líquido que faz parte das camadas profundas da crosta terrestre e que, ao chegar à superfície, esfria, se densifica e endurece, tornando-se uma pedra sólida.
  4. Fazer balas. As balas são feitas queimando e derretendo o açúcar comum até obter uma substância líquida marrom. Depois de despejada em um molde, deixa-se esfriar e endurecer, formando uma bala (sólida).
  5. Fazer embutidos. Os embutidos, como a linguiça de chouriço ou a morcela, são feitos de sangue animal, coagulado e marinado, curado dentro da pele de intestinos de porco.
  6. Fabricar vidro. Este processo começa com a fusão da matéria-prima (areia de sílica, carbonato de cálcio e calcário) em altas temperaturas até atingir a consistência certa para ser soprada e moldada. Depois, a mistura é deixada esfriar até obter sua solidez e transparência características.
  7. Fabricar ferramentas. A partir do aço líquido (uma liga de ferro e carbono) ou do aço fundido, são fabricadas várias ferramentas e utensílios de uso cotidiano. O aço líquido é resfriado e solidificado em um molde para produzir a ferramenta.

Exemplos de evaporação e ebulição

  1. Ferver água. Quando a água é levada a 100 °C (seu ponto de ebulição), suas partículas ganham tanta energia que ela perde sua liquidez e se transforma em vapor.
  2. Roupa pendurada. Após a lavagem, penduramos as roupas para que o calor do ambiente evapore a umidade residual e os tecidos fiquem secos.
  3. Fumaça do café. A fumaça que sai de uma xícara de café ou chá quente nada mais é do que parte da água presente na mistura que passa para o estado gasoso.
  4. A transpiração. As gotas de transpiração secretadas pela nossa pele evaporam no ar, resfriando a temperatura de nossa superfície (extraem calor).
  5. Álcool ou éter. Essas substâncias, deixadas em temperatura ambiente, evaporam em pouco tempo.
  6. Obter sal marinho. A evaporação da água do mar perde o sal que normalmente estava dissolvido nela e permite que seja coletado para usos dietéticos ou industriais, ou mesmo para dessalinizar a água (que seria convertida de vapor em líquido, agora livre de sais).
  7. Ciclo hidrológico. A única maneira de a água do ambiente subir para a atmosfera e esfriar para precipitar novamente (o ciclo da água) é evaporando dos mares, lagos e rios à medida que se aquece durante o dia pela ação direta do sol.

Exemplos de sublimação

  1. Gelo seco. À temperatura ambiente, o gelo feito de dióxido de carbono (CO2, primeiro comprimido e depois congelado) retorna à sua forma gasosa original.
  2.  Evaporação nos polos. Como a água no ártico e antártico não está em sua forma líquida (está abaixo de 0 °C), parte dela sublima diretamente na atmosfera a partir da forma sólida do gelo.
  3. A naftalina. Composto por dois anéis de benzeno condensados, esse material sólido usado como antitraças e outros animais se transforma, em temperatura ambiente, de sólido em gás.
  4.  Sublimação de arsênico. Ao ser levado a 615 °C, este elemento sólido (e altamente tóxico) perde sua forma sólida e passa a ser um gás, sem passar por um líquido no caminho.
  5.  A cauda dos cometas. Ao se aproximarem do sol, estas rochas viajantes ganham calor e grande parte do CO2 congelado começa a sublimar, traçando a conhecida “cauda” ou rastro visível.
  6. Sublimação de iodo. Ao serem aquecidos, os cristais de iodo se transformam em um gás violeta característico sem a necessidade de derreter primeiro.
  7. Sublimação de enxofre. O enxofre costuma se sublimar como uma forma de obter a “flor de enxofre”, sua apresentação na forma de um pó muito fino.

Exemplos de condensação e liquefação

  1. O orvalho da manhã. A queda na temperatura ambiente durante a madrugada permite que o vapor de água da atmosfera se condense sobre as superfícies expostas, onde forma gotículas de água conhecidas como orvalho.
  2. O embaçamento dos espelhos. Devido à sua superfície fria, os espelhos e o vidro são receptores ideais de condensação de vapor de água, como ocorre quando se toma uma ducha quente.
  3. A “transpiração” gerada por bebidas geladas. Ao estar em uma temperatura mais baixa do que a do ambiente, a superfície de uma lata ou garrafa cheia de refrigerante frio recebe a umidade do ambiente e a condensa na forma de gotículas comumente chamadas de “transpiração” ou “suor”.
  4.  O ciclo da água. O vapor de água no ar quente normalmente sobe para as camadas superiores da atmosfera, onde se encontra com segmentos de ar frio e perde sua forma gasosa, condensando-se em nuvens de chuva que o lançam de volta à terra na forma líquida.
  5.  Ar-condicionado. Estes aparelhos coletam a água do ar circundante, que é muito mais fria do que o exterior, e a condensam em seu interior. Em seguida, deve ser expelida por um canal de drenagem.
  6. Manipulação de gases industriais. Muitos gases inflamáveis, como o butano ou o propano, são submetidos a altas pressões para levá-los ao estado líquido, o que facilita muito o transporte e a manipulação.
  7. Neblina no para-brisa. Ao dirigir com neblina, é possível observar que o para-brisa se enche de gotículas de água, como em uma chuva muito delicada. Isto ocorre porque o vapor de água entra em contato com a superfície, que é mais fria e mais propícia à condensação.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Fusão, solidificação, vaporização, sublimação e condensação. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/fusao-solidificacao-vaporizacao-sublimacao-e-condensacao/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 26 abril, 2024
Última edição: 22 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)