30 Exemplos de
Ebulição

A ebulição é o processo físico pelo qual as moléculas em um estado líquido atingem um ponto de temperatura que as torna gasosas de forma espontânea.

A ebulição é o processo oposto à condensação e é natural na medida em que a sequência de estados em que a matéria pode aparecer tem líquido e gasoso em ordem sequencial.

A explicação fundamental do processo tem a ver com o fato de que, no estado líquido, as moléculas estão em constante movimento e são unidas por forças de atração. Assim, quando a temperatura de um líquido é aumentada por meio do fornecimento de calor, o movimento de suas moléculas aumenta até que, com o aquecimento contínuo, chega-se a um ponto (ponto de ebulição) em que este movimento é suficiente para fazer com que as partículas do líquido se separem e passem para a fase de vapor. Quando a temperatura do líquido atinge o ponto de ebulição, se o calor ainda for aplicado, a temperatura não aumenta, pois a energia fornecida pelo calor é usada na mudança de fase líquido-gás e não no aumento da temperatura do líquido.

Temperatura de ebulição

A temperatura de ebulição ou ponto de ebulição é a temperatura na qual a pressão de vapor de um líquido é igual à pressão que envolve o líquido.

O ponto de ebulição é uma propriedade de cada elemento e composto químico (serve até mesmo como referência para identificá-los). Por outro lado, esta propriedade depende da pressão, ou seja, o ponto de ebulição de um líquido em uma determinada pressão não é o mesmo que em uma pressão diferente. Por esse motivo, a IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) definiu o ponto de ebulição normal, que é o ponto de ebulição, mas a uma pressão de 1 bar. Existem pontos de ebulição abaixo de 0 °C. Por exemplo: o hélio tem um ponto de ebulição de -269 °C a 1 bar de pressão.

Diferença entre ebulição e evaporação

Muitas vezes, o conceito de ebulição é usado de forma semelhante ao de evaporação, pois ambos se referem à mudança de uma substância de um estado líquido para um estado gasoso.

Contudo, a evaporação é um processo que ocorre de forma lenta e gradual. Pode ocorrer em qualquer temperatura, pois é gerada na superfície de um líquido, enquanto a ebulição diz respeito à mudança de estado de toda a massa do líquido e, portanto, está diretamente relacionada a um ponto exato de temperatura: todas as partículas do líquido têm energia suficiente para passar para a fase gasosa.

herbor agua - energia termica

Ciclo da água

A água dos oceanos evapora e forma vapor de água, que entra na atmosfera e sobe para formar nuvens, que então esfriam, condensam e produzem gotas que caem na terra como neve, chuva ou granizo.

Exemplos de ebulição

Alguns exemplos de pontos de ebulição de diferentes elementos e compostos químicos são:

  1. Ponto de ebulição da água: 100 ºC.
  2. Ponto de ebulição da prata: 2262 ºC.
  3. Ponto de ebulição do neônio: -246 ºC.
  4. Ponto de ebulição do nitrogênio: -196 ºC.
  5. Ponto de ebulição do hélio: -269 ºC.
  6. Ponto de ebulição do césio: 671 ºC.
  7. Ponto de ebulição do titânio: 3287 ºC.
  8. Ponto de ebulição do manganês: 2061 ºC.
  9. Ponto de ebulição do bromo: 59 ºC.
  10. Ponto de ebulição do alumínio: 2467 ºC.
  11. Ponto de ebulição do carbono: 4827 ºC.
  12. Ponto de ebulição do boro: 3927 ºC.
  13. Ponto de ebulição do cobalto: 2870 ºC.
  14. Ponto de ebulição do álcool (etanol): 78 ºC.
  15. Ponto de ebulição do ouro: 2807 ºC.
  1. Ponto de ebulição do fósforo: 280 ºC.
  2. Ponto de ebulição do xenônio: -108 °C.
  3. Ponto de ebulição do germânio: 2830 ºC.
  4. Ponto de ebulição do cálcio: 1484 ºC.
  5. Ponto de ebulição do níquel: 2457 ºC.
  6. Ponto de ebulição do criptônio: -153 ºC.
  7. Ponto de ebulição do tungstênio: 5930 ºC.
  8. Ponto de ebulição do cobre: 2567 ºC.
  9. Ponto de ebulição do ferro: 2750 ºC.
  10. Ponto de ebulição do arsênico: 817 ºC.
  11. Ponto de ebulição do mercúrio: 357 ºC.
  12. Ponto de ebulição do rênio: 5596 ºC.
  13. Ponto de ebulição do enxofre: 445 ºC.
  14. Ponto de ebulição do chumbo: 1740 ºC.
  15. Ponto de ebulição do cálcio: 677 ºC.

Continue com:

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Ebulição. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/ebulicao/. Acesso em: 18 julho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 8 junho, 2024
Última edição: 8 junho, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)