60 Exemplos de
Líquidos e gasosos

Um produto ou substância líquida é o que se encontra em um estado de agregação (líquido). Entre outros fatores, cada estado de agregação (sólido, líquido, gasoso, plasma) é caracterizado pelo tipo de coesão (força que mantém as partículas unidas) entre suas partículas, pois cada estado tem uma magnitude diferente desta força. Por exemplo: formaldeído, água, vinagre.

No caso do estado líquido, as moléculas têm certa liberdade entre si. Movem-se e colidem, deslizando de um lado para o outro. As moléculas se movem entre si, mas permanecem relativamente próximas umas das outras.

Exemplos de líquidos

  1. Álcool etílico
  2. Querosene
  3. Glicerina
  4. Acetona
  5. Formaldeído
  6. Água
  7. Clorofórmio
  8. Vinagre
  9. Cristal líquido
  10. Óleo comestível
  1. Óleo de girassol
  2. Óleo de coco
  3. Óleo de amêndoa
  4. Óleo misto comestível
  5. Sucos de frutas
  6. Óleo de nozes
  7. Solução de cloreto de sódio
  8. Líquido cefalorraquidiano
  9. Tolueno
  10. Metanol
  11. Ácido sulfúrico
  12. Ácido fosfórico
  13. Solução de ácido clorídrico
  14. Benzeno
  15. Saliva
  16. Metal fundido
  17. Petróleo
  18. Leite
  19. Mercúrio
  20. Bebidas

Gasosos

No estado gasoso, as moléculas não estão próximas umas das outras. Ao contrário, mantêm distância entre si. Isto leva o material gasoso a não ter forma ou volume definidos e a ter o volume e a forma do recipiente que o contém. Por exemplo: oxigênio, amônia, hélio.

Neste estado de agregação, o movimento das moléculas é mais rápido em climas com temperaturas quentes. Já o grau de coesão dependerá da temperatura e da pressão a que a matéria é submetida em qualquer um de seus três estados: líquido, gasoso e sólido. Mesmo que, em geral, a coesão seja maior nos sólidos do que nos líquidos, em ambos é maior do que nos gases.

Exemplos de gasosos

  1. Ar
  2. Vapor de água
  3. Oxigênio
  4. Gás natural
  5. Bolhas de gás que se formam quando uma bebida gaseificada é derramada
  6. Monóxido de carbono
  7. Gás carbônico
  8. Propano
  9. Butano
  10. Freon
  1. Ozônio
  2. Metano
  3. Amônia
  4. Acetileno
  5. Gases usados na refrigeração em geladeiras e condicionadores de ar
  6. O dióxido de carbono em refrigerantes gaseificados
  7. Gás lacrimogêneo
  8. Biogás
  9. Hidrogênio
  10. Nitrogênio em estado gasoso
  11. Gás sulfídrico
  12. Hélio
  13. Argônio
  14. Dicloro
  15. Neônio
  16. Criptônio
  17. Xenônio
  18. Aerossóis (desodorantes, sprays desinfetantes para ambientes, etc.)

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Líquidos e gasosos. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/liquidos-e-gasosos/. Acesso em: 17 julho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 19 junho, 2024
Última edição: 1 julho, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)