20 Exemplos de
Estado gasoso

Geralmente, quando falamos sobre os estados da matéria, nos referimos a três grupos principais: sólido, líquido e gasoso (embora também exista o estado de plasma).

Os gases são um estado da matéria em que as moléculas interagem fracamente em uma determinada temperatura e pressão. Por exemplo: biogás, monóxido de carbono, hidrogênio, metano.

No estado gasoso, as moléculas não são coesas, portanto, os gases não constituem um corpo consistente com forma e volume definidos, como acontece com os sólidos. É por isso que os gases geralmente são imperceptíveis à visão, embora alguns sejam perceptíveis ao olfato.

Os gases se expandem pelo espaço disponível, ou seja, assumem a forma e o volume do recipiente em que estão contidos.

Mudanças de estado:

  • A transformação do estado sólido para o estado gasoso por meio de um aumento brusco de temperatura e variação de pressão, sem passar primeiro pelo estado líquido, é chamada de sublimação.
  • A transformação do estado líquido para o estado gasoso por meio de um aumento de temperatura é conhecida como vaporização.
  • A transformação do estado gasoso para o estado líquido através da diminuição da temperatura é chamada de condensação.

Características dos gases

  • São muito fáceis de comprimir.
  • Não têm forma definida.
  • No estado gasoso, as moléculas estão em constante movimento, colidindo entre si e com as paredes do recipiente que as contém.
  • Estas partículas se movem em velocidades diferentes de acordo com uma determinada temperatura.
  • O movimento é mais rápido em temperaturas mais altas.
  • As forças gravitacionais e de atração são insignificantes em comparação com a tendência de movimento das partículas que compõem os gases.

Pesquisa sobre gases e ar

Há muitos estudos e contribuições teóricas em física e química para analisar as características e o comportamento dos gases.

O ar (que quase todos os seres vivos precisam respirar) deve ter uma determinada composição, com uma quantidade suficiente de oxigênio. O dióxido de carbono também é um gás importante no ar; as plantas precisam dele para realizar o processo de fotossíntese.

Certos gases não devem exceder uma determinada proporção no ar; de fato, alguns gases de determinadas indústrias são altamente tóxicos e prejudiciais à saúde e podem poluir a atmosfera que respiramos (o monóxido de carbono é um exemplo disso).

Industrias chimenea.

Propriedades dos gases

Entre as principais propriedades dos gases, encontram-se:

  • A expansão e a compressibilidade (os gases podem ser comprimidos pela ação de uma pressão externa e se expandir se essa pressão for liberada).
  • A difusão (movimento de partículas de uma área de alta concentração para uma área de menor concentração) e a efusão (quando um gás está sob pressão em um recipiente e escapa para o exterior por meio de uma abertura).
  • A densidade de um gás é bastante baixa.

O comportamento dos gases foi descrito por meio das leis dos gases formuladas por cientistas como Robert Boyle, Jacques Charles e Gay-Lussac. Estes físicos relacionaram parâmetros como volume, pressão e temperatura dos gases, que estão reunidos na chamada lei geral dos gases.

  • Lei de Boyle. Estabelece que o volume de um gás é inversamente proporcional à pressão absoluta do recipiente que o contém em uma determinada temperatura e massa do gás.
Estado gaseoso

Onde:
 P1 e P2 são as pressões inicial e final do gás, respectivamente.
 V1 e V2 são os volumes inicial e final do gás, respectivamente.

  • Lei de Charles. Estabelece que o volume de um gás é proporcional à sua temperatura em uma determinada pressão.
Estado gaseoso

Onde:
 T1 e T2 são as temperaturas inicial e final do gás, respectivamente.
 V1 e V2 são os volumes inicial e final do gás, respectivamente.

  • Lei de Gay-Lussac. Estabelece que a pressão de um gás é diretamente proporcional à temperatura quando o volume é constante.
Estado gaseoso

Onde:
 T1 e T2 são as temperaturas inicial e final do gás, respectivamente.
 V1 e V2 são os volumes inicial e final do gás, respectivamente.

Exemplos de matéria no estado gasoso

monoxido de carbono - inorganico
  1. Emissões que saem do escapamento de um carro em funcionamento.
  2. Os gases usados na refrigeração de geladeiras e condicionadores de ar.
  3. As nuvens no céu, compostas de vapor de água.
  4. O dióxido de carbono em refrigerantes carbonatados.
  5. O gás lacrimogêneo, que produz uma sensação desagradável no corpo humano.
  6. Balões de gás (cheios de gás hélio).
  7. O gás natural usado como combustível na rede doméstica.
  8. Biogás.
  9. A fumaça gerada pela queima de qualquer sólido.
fogata - cambios quimicos
  1. Monóxido de carbono
  2. Acetileno
  3. Hidrogênio
  4. Metano
  5. Butano
  6. Ozônio
  7. Oxigênio
  8. Nitrogênio
  9. Gás sulfídrico
  10. Hélio
  11. Argônio

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Estado gasoso. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/estado-gasoso/. Acesso em: 26 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 6 maio, 2024
Última edição: 13 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)