10 Exemplos de
Misturas gás-líquido

As misturas são combinações de duas substâncias que, quando em contato, não chegam a formar uma reação química.

Quando duas substâncias formam uma mistura, dependendo das propriedades de cada substância, das condições em que a mistura é formada, entre outros fatores, podem ser formadas misturas homogêneas (misturas cujos componentes não podem ser distinguidos a olho nu) ou misturas heterogêneas (misturas cujos componentes podem ser distinguidos a olho nu ou por meio de um instrumento de medição). Classificar as misturas é difícil, pois há muitos tipos com características relativamente semelhantes, mas, em linhas gerais, costumam ser diferenciadas em:

  • Soluções. São misturas homogêneas, também são uniformes, ou seja, qualquer volume retirado de uma solução terá a mesma composição de componentes. São constituídas por uma substância majoritária, chamada de solvente, e uma quantidade menor, chamada de soluto. Quando se somam os volumes dos diferentes componentes de uma solução, o volume final não é igual a essa soma, pois há interações entre esses componentes.
  • Coloides. São misturas com propriedades intermediárias entre homogêneas e heterogêneas. São compostas de duas fases, uma fase dispersa que está em menor proporção e uma fase contínua que está em maior proporção.
  • Suspensões. São misturas heterogêneas. Geralmente são compostas de partículas sólidas suspensas em um líquido.

As misturas podem ser formadas entre substâncias que estão em qualquer estado de agregação, e o estado de agregação da mistura é quase sempre o mesmo da substância que está em maior quantidade.

Tipos de misturas gás-líquido

No que diz respeito às combinações de uma substância no estado líquido e outra no estado gasoso, as misturas podem aparecer com maior ou menor quantidade de gás:

  • Mistura gasosa (líquido em gás). O gás pode aparecer como um solvente quando o líquido atua como um soluto, isto é, quando o gás aparece em maior proporção. Isto ocorre raramente, por exemplo, no vapor de água no ar, que é considerado uma solução em que partículas líquidas são dissolvidas no gás. Apesar de haver ambientes especialmente dotados deste vapor, a umidade no ar é algo que, em maior ou menor grau, está sempre presente, de modo que a combinação pode ser vista em qualquer hora e lugar. Por outro lado, alguns aerossóis são misturas coloidais de líquidos em gases.
  • Mistura líquida (gás em líquido). Em outros casos, o gás é a substância que ocupa uma proporção menor da mistura, deixando o lugar maior para o líquido. Este é o caso da solução de dióxido de carbono em água, usada para preparar bebidas. Também existem misturas do tipo coloidal de um gás em um líquido, como no caso do creme de barbear.

Exemplos de misturas de líquidos e gases

A lista a seguir apresenta alguns exemplos de misturas nas quais estão presentes um componente líquido e um gasoso.

  1. As bebidas carbonatadas
  2. O orvalho, partículas líquidas em um meio gasoso
  3. Uma garrafa de cerveja
  4. A espuma de xampu
  5. Uma nuvem
  6. Uma clara de ovo batida (líquido com ar incorporado em sua estrutura)
  7. Bebidas com espuma
  8. O oxigênio do mar
  9. O vapor de água presente no ar

Continue com:

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Misturas gás-líquido. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/misturas-gas-liquido/. Acesso em: 17 julho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 20 junho, 2024
Última edição: 20 junho, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)