30 Exemplos de
Voz passiva

A voz passiva é uma forma de construção de frase que permite colocar o foco na ação e em quem é afetado por ela, em vez de no sujeito que a realiza. Por exemplo: O criminoso foi detido pela polícia.

Nesses casos, o sujeito gramatical, chamado de sujeito paciente, é o elemento sobre o qual recai passivamente a ação expressa pelo verbo, e não aquele que a realiza. Por exemplo: A bola foi chutada pelo jogador de futebol.

Como a voz passiva é construída?

Existem dois tipos de voz passiva: voz passiva analítica e voz passiva sintética.

  • Voz passiva analítica: Para passar uma oração ativa para a voz passiva, o objeto direto da oração original deve ser transformado em um sujeito paciente, e o que era o sujeito ativo passa a ser o “agente da passiva”, introduzido pela preposição “por”. Além disso, devemos adaptar a forma do verbo. Para formar a voz passiva, conjugamos o auxiliar “ser” no tempo verbal da sentença ativa e, em seguida, adicionamos o particípio do verbo principal. Nessa passagem, o auxiliar deve concordar em número e pessoa com o núcleo do novo sujeito, assim como o particípio deve concordar em gênero e número. Por exemplo:
O serralheiroconsertoua fechadura.
Sujeito agenteVerbo ativoObjeto direto  
A fechadurafoi consertadapelo serralheiro.
Sujeito pacienteVoz passivaAgente da passiva
  • Voz passiva sintética: o verbo se encontrará na terceira pessoa (no singular ou no plural), acompanhado da partícula apassivadora “se”. Neste caso, não existe o agente da passiva. Por exemplo: Vendeu-se a casa. Para considerar: é possível passar da analítica para a sintética: Os bens dividem-se em duas partes./Em duas partes os bens foram divididos. (Neste caso, a analítica não possui um agente da passiva.)

Voz passiva sintética

A voz passiva sintética (ou voz pronominal) forma-se acrescentando ao verbo o pronome pessoal “se” (partícula apassivadora). Por exemplo: Esperam-se boas notícias.

Esse tipo de voz passiva é construído com o pronome se, conjugado na terceira pessoa, e o sujeito (que deve concordar em número e pessoa com o verbo principal) geralmente posposto. Por exemplo: Vendem-se móveis./Devem-se contratar novos empregados.

Exemplos de voz passiva

A seguir, apresentamos exemplos de frases na voz passiva seguidas de sua versão correspondente na voz ativa.

  1. Os alpinistas foram encontrados pela equipe de resgate
     
    A equipe de resgate encontrou os alpinistas.
  2. Um bolo de baunilha e chocolate foi preparado pela minha mãe.
    Minha mãe fez um bolo de baunilha e chocolate.
  3. O baile de Ano Novo será organizado pelas crianças.
    As crianças organizarão o baile de Ano Novo.
  4. O que estava escrito no quadro-negro foi apagado pelo professor.
    O professor apagou o que estava escrito no quadro-negro.
  5. O banco na esquina da minha casa foi roubado por um grupo de criminosos.
    Um grupo de criminosos roubou o banco na esquina da minha casa.
  6. O carro do meu pai foi rapidamente consertado pelo mecânico.
    O mecânico consertou rapidamente o carro do meu pai.
  7. O paciente foi levado ao hospital pela ambulância.
    A ambulância levou o paciente para o hospital.
  8. A frente da minha casa será toda pintada pelo meu tio.
    Meu tio pintará toda a frente da minha casa.
  9. O festival de rock foi encerrado pelos Rolling Stones.
    Os Rolling Stones encerraram o festival de rock.
  10. O carro foi estacionado na nova garagem pelo meu primo.
    Meu primo estacionou o carro na nova garagem.
  11. O violão foi afinado pelo professor de música.
    O professor de música afinou o violão.
  12. As crianças serão deixadas no portão da escola pela avó.
    A avó deixará as crianças no portão da escola.
  13. As eleições nos Estados Unidos foram vencidas por Barack Obama.
    Barack Obama ganhou as eleições nos Estados Unidos.
  14. Todos os lençóis da casa foram passados pelo meu pai.
    Meu pai passou todos os lençóis da casa.
  15. O torneio de tênis do bairro foi vencido pelo meu vizinho.
    Meu vizinho ganhou o torneio de tênis do bairro.
  1. A Lua foi pisada pelo homem em 20 de julho de 1969.
    O homem pisou a lua em 20 de julho de 1969.
  2. O vestibular não foi aprovado pelos alunos de medicina.
    Os alunos de medicina não aprovaram no vestibular.
  3. O último gol da partida foi marcado por Neymar.
    Neymar marcou o último gol da partida.
  4. O livro foi escrito por Plínio em menos de duas semanas.
    Plínio
    escreveu o livro em menos de duas semanas.
  5. Os sanduíches que sobraram foram comidos pelos meninos.
    Os meninos comeram os sanduíches que sobraram.
  6. Os livros foram autografados pelo autor durante o evento.
    O autor autografou os livros durante o evento.
  7. A paz foi aceita por todos os países envolvidos.
    Todos os países envolvidos aceitaram a paz.
  8. A saída da casa foi coberta pela neve.
    A neve cobriu a saída da casa.
  9. O anel perdido foi encontrado pela mulher.
    A mulher encontrou o anel perdido.
  10. Os vencedores da competição serão escolhidos pelo júri.
    O júri escolherá os vencedores da competição.
  11. A televisão foi consertada pelo técnico.
    O técnico consertou a televisão.
  12. O problema será analisado pelos especialistas da área.
    Os especialistas da área analisarão o problema.
  13. Os trabalhos foram entregues por todos os grupos.
    Todos os grupos entregaram os trabalhos.
  14. O restaurante foi fechado pelo órgão competente.
    O órgão competente fechou o restaurante.
  15. O navio foi encontrado em perfeitas condições pela polícia naval.
    A polícia naval encontrou o navio em perfeitas condições.

Quando a voz passiva é usada?

Na língua portuguesa, é frequente o uso da voz passiva. Entre a voz passiva analítica e a sintética, se dá preferência do uso da primeira sempre que se referir a uma pessoa ou animal por uma questão de clareza. Por exemplo: Os soldados foram retirados./Retiraram-se os soldados. (Neste caso, a voz passiva sintética gera dúvida se se trata de voz passiva ou reflexiva).

Para poder usar a voz passiva, em geral, o verbo deve pedir um objeto direto, isto é, o verbo deve ser transitivo direto. Por exemplo, é incorreto dizer: A entrega do prêmio foi assistida por ela./Ela assistiu à entrega do prêmio.

Atenção:

  • Não confundir “voz passiva” com “passividade”. Chama-se “passividade” quando o verbo carrega em si um sentido passivo, a pessoa recebe a ação verbal. Por exemplo: Os bandidos receberam a punição que mereciam.
  • Não confundir a “voz passiva sintética” com a “voz reflexiva”, na qual o sujeito é agente e paciente ao mesmo tempo, e os verbos (que serão transitivos) estão acompanhados por um pronome oblíquo átono. Por exemplo: Ele se cortou. (Ele praticou a ação de cortar e sofreu a ação de ser cortado).

Referências

  • CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 7. ed. Rio de Janeiro: Lexikon Editora Digital, 2016.
  • BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.
  • CEGALLA, Domingos Paschoal. Gramática da Língua Portuguesa. 48. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2010.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

KILLMANN, Márcia. Voz passiva. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/voz-passiva/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 5 abril, 2024
Última edição: 5 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)