50 Exemplos de
Orações com objeto direto e indireto

O objeto direto e o objeto indireto são estruturas sintáticas que complementam o verbo e estão, portanto, estão presentes no predicado da frase. Por exemplo:

  • Entregamos o diploma a Maria.
    Predicado: Entregamos o diploma a Maria
    Núcleo do predicado: entregamos
    Objeto direto: o diploma
    Objeto indireto: a Maria

Objeto direto

Em uma oração, o objeto direto (também chamado de complemento direto) é um elemento sintático que indica sobre (o) que ou quem a ação recai diretamente. É o complemento do verbo transitivo direto que não requer preposição. Pode ser um objeto, uma pessoa, um animal, uma instituição, entre outros. Por exemplo:

  • O magnata comprou uma mansão.
    Sujeito: O magnata
    Núcleo do sujeito: magnata
    Adjunto adnominal: o
    Predicado: comprou uma mansão
    Núcleo do predicado: comprou
    Objeto direto: uma mansão

Atenção: Em alguns casos, o objeto direto pode ser introduzido por uma preposição, e chama-se “objeto direto preposicionado”. Isso ocorre quando o complemento é um pronome oblíquo tônico, quando os verbos transitivos diretos transmitem emoções, para evitar ambiguidades ou quando ocorre uma inversão em que o objeto direto vem antes do sujeito.

Para lembrar: Para que uma oração tenha um objeto direto, é necessário que tenha um verbo transitivo, ou seja, um verbo que admita ou exija este tipo de complemento de forma obrigatória. Por exemplo:

  • A empresa organizou uma festa surpresa.
    Sujeito: A empresa
    Núcleo do sujeito: empresa
    Adjunto adnominal: a
    Predicado: organizou uma festa surpresa.
    Núcleo do predicado: organizou
    Objeto direto: uma festa surpresa

Como identificar o objeto direto?

Para reconhecer o objeto direto em uma oração, deve-se fazer as seguintes perguntas ao verbo: q?, o quê?, quem? Entre o verbo e a resposta a estas perguntas (objeto direto) não existe a necessidade de preposições. Por exemplo: Eu usei o lápis. Usei o quê?: “o lápis”

Atenção: Um objeto direto nunca aparece em uma oração com um verbo de ligação, pois nesse caso seria um predicativo, já que atribui características ao sujeito. Por exemplo: Meu gato é preto.

  • Outra forma de identificar o objeto direto é substituindo o objeto direto pelos pronomes pessoais o, a, os, as com o respectivo gênero e número do termo substituído. Por exemplo: O aluno encontrou o lápis. O aluno o encontrou.
  • Também podemos identificar o objeto direto de uma oração transformando-a em voz passiva, neste caso o objeto direto se tornará o sujeito. Por exemplo: Ela toca a campainha./A campainha é tocada por ela.

Objeto indireto

O objeto indireto (também chamado de complemento indireto) é um elemento sintático que marca o destinatário da ação. É o complemento do verbo transitivo indireto que requer uma preposição que pode ser: em, a, à, de, em, com, para. Encontra-se com frequência em frases cujos verbos são transitivos diretos e indiretos (VTDI). Por exemplo:

  • Mário devolveu o empréstimo ao banco.
    Sujeito: Mário
    Predicado: devolveu o empréstimo ao banco
    Núcleo do predicado: devolveu
    Objeto direto: o empréstimo
    Objeto indireto: ao banco
  • Gabriela gosta de praia.
    Sujeito: Gabriela
    Núcleo do sujeito: Gabriela
    Predicado: gosta de praia.
    Núcleo do predicado: gosta
    Objeto indireto: de praia

Como identificar o objeto indireto?

Para reconhecer o objeto indireto em uma oração, é possível substituí-lo pelos pronomes lhe ou lhes. Por exemplo: Eu escrevi uma carta ao meu pai./Escrevi-lhe uma carta.

Outra forma de identificar o objeto indireto é fazendo as perguntas, “a quem”, “para quem”, “de quem”, “em quem”, depois de ter identificado o objeto direto ou de ter confirmado que não existe. Por exemplo: Eu escrevi uma carta ao meu pai. A quem escrevi uma carta? Ao meu pai.

Frases com objetos diretos e indiretos

Nas frases seguintes, o objeto direto é destacado na cor laranja e o objeto indireto na cor azul.

  1. O verão trouxe calor para a cidade.
  2. Os presentes incluíam surpresas para todos.
  3. Deu explicações ao namorado.
  4. Escrevi uma carta ao meu irmão.
  5. Por favor, traga os documentos do cliente.
  6. Ele deu cinco pontos ao projeto.
  7. Ele escreveu à tia uma carta.
  8. Agradecemos a ajuda dos colaboradores.
  9. O professor explicou a tarefa aos seus alunos.
  10. Tenho um presente para o José.
  11. Vou apostar o dobro no cavalo dele.
  12. Ele escreveu um livro à sua mãe.
  13. Vim devolver o dinheiro ao banco.
  14. Confio os meus filhos aos seus cuidados.
  15. A chuva mudou os planos da festa.
  16. Você nunca agradeceu o tratamento ao médico.
  17. Conte o filme aos seus amigos que não puderam vê-lo.
  18. Com raiva, ele jogou um copo de água no seu irmão.
  19. Trouxe sobremesas para os convidados.
  20. Comprei uma casa aos meus filhos.
  21. Ele declarou os fatos ao júri.
  22. Não deram o prêmio ao José.
  23. Ele contou a verdade às crianças.
  24. Você lhes ofereceu café?
  25. Enviaremos o relatório aos sócios.
  1. João emprestou seus brinquedos ao seu companheiro.
  2. Ele preparou uma apresentação interessante para a reunião.
  3. Traga água aos cavalos.
  4. Ele fez um desenho para o professor.
  5. Nós projetamos os móveis dos nossos clientes.
  6. Finalmente vendemos o quadro ao colecionador russo.
  7. Comprou rosas para a sua avó.
  8. Comprei um carro novo para minha filha.
  9. Explique o exercício aos seus colegas de classe, por favor.
  10. Antes de dormir, o pai conta uma história aos filhos.
  11. Ele enviou convites aos parentes.
  12. Acho que ele lhes disse a verdade.
  13. Vou dar a ele uma garrafa de água.
  14. Ele entregou todas as suas ilusões ao novo projeto.
  15. Cantaram duas canções fora do programa para a plateia.
  16. O suspeito confessou a verdade ao juiz.
  17. Distribuíram colchões às vítimas das enchentes.
  18. Estou ensinando matemática à minha irmã.
  19. Deram um prêmio à universidade.
  20. Diga-me o preço do seu silêncio.
  21. Mostre seu quarto ao convidado.
  22. Farei para vocês meu prato preferido.
  23. Quero contar a você minha história.
  24. O carteiro entregou o envelope à mulher.
  25. Um homem me mostrou o caminho.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

KILLMANN, Márcia. Orações com objeto direto e indireto. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/oracoes-com-objeto-direto-e-indireto/. Acesso em: 12 abril, 2024.

Sobre o autor

Autor: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Revisado por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 29 junho, 2023
Última edição: 5 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)