50 Exemplos de
Sujeito

O sujeito é o elemento da oração que indica quem realiza a ação, e seu núcleo sempre concorda em número e pessoa com o verbo, que é o núcleo do predicado. Por exemplo:

  • A casa estava terminada.
    Sujeito: A casa
    Predicado: estava terminada
    Núcleo do predicado (verbo): estava
  • As casas estavam terminadas.
    Sujeito: As casas
    Predicado: estavam terminadas
    Núcleo do predicado (verbo): estavam

O núcleo do sujeito costuma ser um substantivo, mas também podem desempenhar essa função os nomes próprios, os pronomes ou os verbos em infinitivo. Este núcleo, por sua vez, costuma ter modificadores diretos e indiretos, que podem ser adjetivos, artigos, certos pronomes e construções preposicionais. Por exemplo:

  • As casas grandes estavam terminadas.
    Sujeito: As casas grandes
    Modificador direto: as
    Núcleo do sujeito: casas
    Modificador direto: grandes
    Predicado: estavam terminadas
    Núcleo do predicado – verbal: estavam

Para lembrar: Embora a ordem natural da oração em português seja primeiro o sujeito e depois o predicado, em alguns casos esta ordem pode ser alterada. Por exemplo:

  • São lindas as casas antigas.
    Sujeito: as casas antigas
    Predicado: são lindas

Como reconhecer o sujeito?

Para reconhecer o sujeito, pode-se perguntar ao verbo que ou quem realiza a ação. Por exemplo: A menina corre no parque. Quem corre no parque? A menina. Então “A menina” é o sujeito desta oração.

Também é possível mudar o número do verbo. Assim, a estrutura que se veja afetada e deva adaptar-se para que a oração tenha sentido será o sujeito. Por exemplo: As meninas correm no parque. Ao modificar o número do verbo correr de singular a plural, também muda o número do sujeito, pois há uma relação de concordância entre os dois núcleos.

Tipos de sujeito

O sujeito pode ser classificado de acordo aos diferentes tipos de orações:

  • Sujeito simples. Quando o sujeito tem somente um núcleo, isto, é, quando o verbo se refere a um só substantivo, pronome, numeral ou a uma só palavra substantivada, ou a uma só oração substantiva. Por exemplo: O cachorro está dormindo.
  • Sujeito composto. É quando o sujeito tem mais de um núcleo. Por exemplo: A Clara e o Pedro chegaram cedo para a festa.
  • Sujeito oculto (determinado). É quando o sujeito não está materialmente expresso na oração. Por exemplo: Comi feijoada esta noite.
  • Sujeito indeterminado. É quando o sujeito não pode ser identificado pelo contexto ou pelo verbo que o acompanha. Por exemplo: Estão falando a verdade.
  • Oração sem sujeito. É quando o sujeito não pode ou não quer ser identificado. Por exemplo: Fez muito calor hoje.

Atenção: Para ser uma oração sem sujeito, geralmente a mesma contém verbos impessoais como o verbo haver e fazer e ainda outros que indicam fenômenos da natureza como anoitecer, chover. Por exemplo: Houve muita gente elogiando o seu trabalho / Chove como nunca nesse momento.

Qual a diferença entre sujeito indeterminado e oração sem sujeito?

O que diferencia o sujeito indeterminado da oração sem sujeito é a identificação e a existência na oração. Os sujeitos indeterminados existem, mas não podem ser identificados, porque não é possível perceber quem praticou a ação. Nas orações sem sujeito os verbos são conjugados na 3.ª pessoa do plural (falaram para eu viajar), na 3.ª pessoa do singular acompanhado de “se” (precisa-se de auxiliar) ou no infinitivo impessoal (amar é preciso).

Exemplos de sujeito

  1. Eu sou o dono desta empresa.
  2. Jõao e Luciana sairão esta noite.
  3. O gerente me prometeu um aumento até o final do ano.
  4. Deve estar lá na segunda-feira de manhã. [Sujeito oculto: Você]
  5. Os primos da minha mãe viajaram ontem à noite.
  6. O presidente e sua comitiva já chegaram ao palácio.
  7. Viajamos de avião. [Sujeito oculto: Nós]
  8. Nós nos conhecemos há muito tempo.
  9. A Argentina e o Brasil são países limítrofes.
  10. Levante-se e ordene o quarto. [Sujeito oculto: Você]
  11. Já está vencida essa parcela.
  12. Martim é um advogado reconhecido.
  13. A venda de automóveis dobrou no ano passado.
  14. Tens toda a razão. [Sujeito oculto: Tu]
  15. Conheço as regras desta casa. [Sujeito oculto: Eu]
  16. Comprar e vender ações pode ser um bom negócio.
  17. A equipe foi suspensa por três datas.
  18. Depois de dez anos, os irmãos foram absolvidos.
  19. Fizeram as provas rápido.
  20. Esta lenda é conhecida por todos.
  21. Os dois ladrões foram condenados.
  22. O casamento do cantor com a modelo foi o evento do ano.
  23. Nadar nas águas do Caribe é uma experiência inesquecível.
  24. Quero todos aqui em dez minutos.[Sujeito oculto: Eu]
  25. Nevou hoje na cidade. [Oração sem sujeito]
  1. A mãe da minha colega está doente.
  2. A venda de bilhetes foi cancelada.
  3. Este país é uma maravilha.
  4. A economia nesta região é muito instável.
  5. Conhece a Europa? [Sujeito oculto: Você]
  6. Meus colegas de escola organizaram uma reunião.
  7. Ele acha que já sabe a resposta.
  8. Para não vir, José inventou uma nova desculpa.
  9. As grandes frustrações de sua infância repercutem em sua vida atual.
  10. Eles querem se divertir.
  11. João é um grande aluno.
  12. Quando menos esperava, o chefe e o contador me chamaram para conversar.
  13. Houve uma grande revolução aqui. [Oração sem sujeito]
  14. Nós compramos o almoço para todos.
  15. As coisas não estão fáceis.
  16. Fomos cedo para sentar na primeira fila. [Sujeito oculto: Nós]
  17. Seus irmãos Tobias e Fernanda ainda não a conheceram.
  18. A farinha deve ser colocada gradualmente.
  19. Quero sair daqui imediatamente. [Sujeito oculto: Eu]
  20. Chocolate e sorvete são minhas sobremesas favoritas.
  21. Fizeram uma festa surpresa para ela
  22. Vocês precisam encontrar o culpado.
  23. O mistério foi desvendado.
  24. Os resultados serão publicados às 15 horas.
  25. A entrada principal é controlada pelas câmeras de segurança.

Os modificadores do sujeito

O sujeito pode vir sozinho ou acompanhado de certas palavras e expressões chamadas de determinantes ou modificadores do sujeito. Essas palavras são o artigo, adjetivo, pronome, numeral e locução adjetiva que se relacionam com o núcleo do sujeito: um substantivo.

  • O meu anel de formatura tinha uma bela pedra preciosa.
    Pronome possessivo: o meu
    Locução adjetiva: de formatura
    Núcleo do sujeito: núcleo do sujeito
  • Aquele garoto se encontrava radiante.
    Pronome demonstrativo: aquele
    Núcleo do sujeito: garoto

Referências

  • CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 7. ed. Rio de Janeiro: Lexikon Editora Digital, 2016.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ZAMBRA, Cristina. Sujeito. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/sujeito/. Acesso em: 26 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Revisado por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 29 junho, 2023
Última edição: 4 agosto, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)