100 Exemplos de
Verbos

Os verbos são aquelas palavras que se utilizam para expressar ações, estados, atitudes, condições, acontecimentos da natureza ou existência. Por exemplo: vamos, estiveram, correrás.

Existem muitos tipos de verbos e diversos critérios para classificá-los, seja segundo a pessoa, o número, o modo, o tempo, entre outros aspectos.

Quando os verbos aparecem dentro de uma oração, formam sintagmas verbais e constituem o núcleo do predicado, já que expressam a ação que está acontecendo ou que está executando o sujeito. No caso das orações que contêm sujeito e predicado, os verbos devem concordar em número e pessoa com o núcleo do sujeito. Por exemplo:

  • O diretor anunciou a medida.
  • Sujeito: O diretor
  • Predicado: anunciou a medida
  • Núcleo do sujeito: diretor
  • Núcleo do predicado verbal: anunciou

Do ponto de vista morfológico, todos os verbos são compostos por duas partes fundamentais:

  • Radical. É a parte que expressa o significado do verbo.
  • Desinência. É a parte que indica o número e a pessoa gramatical, o tempo, o modo e o aspecto verbal.

Desta forma, é possível distinguir:

  • Verbos regulares. Têm conjugações uniformes e idênticas às de algum dos verbos modelo (amar, temer, partir) e suas raízes não sofrem modificações. Por exemplo: assustar, percorrer, partir.
  • Verbos irregulares. Têm conjugações que se afastam das dos verbos modelo por mudanças na raiz, na desinência ou em ambas as partes, em uma ou mais de suas formas verbais. Por exemplo: dar, perder, cair.

Exemplos de verbos regulares

Verbos terminados en – arVerbos terminados em – erVerbos terminados em – ir
anulararderadmitir
beijarbeberdividir
apagardescerdescobrir
calculardependerfundir
cantaresconderpartir
decorarofendernutrir
estudarresponderomitir
facilitartemerfugir
ganharprocederrepartir
ignorarsuspendermedir
amarprenderinserir
visitarestremecerferir
repassarcomparecerpermitir
passarmerecerproibir

Exemplos de verbos irregulares

Verbos terminados en – arVerbos terminados em – erVerbos terminados em – ir
estarfazerdormir
recearsercair
freardizerir
suartrazerconseguir
soarsabervir
ansiarpodermedir
darverpolir
laçarquerercompetir
largarsairaderir
odiarterdirigir
coroarverouvir
saudarvaleracudir
aguarequivalerpedir
averiguarhaverprogredir

Classificação dos verbos

Existem diferentes tipos de verbos, de acordo com a classificação levada em consideração.

Segundo a sua terminação

  • Verbos da primeira conjugação. São os verbos terminados em -ar. Por exemplo: curar, cantar, jogar, buscar, largar, levar.
  • Verbos da segunda conjugação. São os verbos terminados em –er. Por exemplo: comer, correr, ler, mexer, bater, torcer.
  • Verbos da terceira conjugação. São os verbos terminados em –ir. Por exemplo: repetir, partir, rir, medir, sair, fugir.

Segundo a transitividade

  • Verbos transitivos. É o verbo considerado de sentido incompleto, que exige complemento que lhe integre o sentido. Esse pode ou não vir revelado na oração. Pode ser transitivo direto, que vem acompanhado de um objeto sem preposição obrigatória (objeto direto ou objeto direto preposicionado), transitivo indireto, que vem acompanhado de um objeto com preposição obrigatória (objeto indireto) ou a presença de ambos, ou seja, aquele que vem acompanhado de um objeto sem preposição (objeto direto) e de um objeto com preposição (objeto indireto). Por exemplo: O aluno comprou o livro que o professor solicitou. / Os filhos devem obedecer aos pais. / O jornal dedicou uma página ao episódio.
  • Verbos intransitivos. É o verbo considerado de sentido completo, que não exige complemento que lhe integre o sentido. Por exemplo: A criança dorme.

Segundo a pessoa

  • Verbos em primeira pessoa (eu/nós). O, ou os emissores são quem exercem a ação. Por exemplo: Eu conheço bem o caminho.
  • Verbos em segunda pessoa (tu/vós). O emissor se dirige a um ou vários interlocutores. Por exemplo: Amanhã vens a minha casa.
  • Verbos em terceira pessoa (você/ele/ela/vocês/eles/elas). O emissor refere-se a uma terceira pessoa, que não é ele mesmo nem o receptor da mensagem. Por exemplo: Ele sabe a resposta.

Segundo o número

  • Verbos no singular. A ação é efetuada por uma só pessoa. Por exemplo: Comprei uma bicicleta nova.
  • Verbos no plural. A ação é realizada entre duas ou mais pessoas. Por exemplo: Depois do filme, fomos a um restaurante.

Segundo o modo

  • Verbos no modo indicativo. Costumam expressar fatos ou ideias objetivas, claras e  destinadas a informar. Por exemplo: O filme começará às 8 da noite.
  • Verbos no modo subjuntivo. Costumam expressar desejos, probabilidades ou ações hipotéticas. Por exemplo: Talvez amanhã.
  • Verbos no modo imperativo. Costumam expressar ordens, conselhos, indicações ou implorar. Por exemplo: Caminhem mais rápido!

Segundo o tempo

  • Verbos no passado. Expressam uma ação que aconteceu antes do momento da enunciação. Por exemplo: No mês passado cortei o cabelo.
  • Verbos no presente. Eles expressam uma ação que está acontecendo no momento da enunciação. Por exemplo: Eu tenho um cachorro grande.
  • Verbos no futuro. Expressam uma ação posterior ao momento da enunciação. Por exemplo: Na próxima semana irei ao supermercado.

O que são formas nominais?

As formas nominais do verbo são o infinitivo, o particípio e o gerúndio. Não fazem parte de nenhum tempo ou modo verbal. São chamadas de formas nominais porque desempenham tanto função de verbo, como função de nome.

  • Infinitivo. Terminam em -ar, -er ou -ir e podem cumprir as funções dos substantivos. Por exemplo: Gosto muito de caminhar.
  • Particípio. Terminam em -ado (se pertencem à primeira conjugação) ou em -ido (se pertencem à segunda ou à terceira conjugação), e podem cumprir as funções dos adjetivos. Por exemplo: Ficou com o coração partido.
  • Gerúndio. Terminam em -ando (se pertencem à primeira conjugação) ou em -endo (se pertencem à segunda ou à terceira conjugação), e podem cumprir as funções dos advérbios. Por exemplo: Cheguei correndo.

Exemplos de orações com verbos

  1. Na semana passada joguei futebol com os meninos do bairro.
  2. Espero que me ligues em breve para mantermos contato.
  3. Certamente partiremos para o Brasil no final de janeiro.
  4. Se tiver tempo, vamos jantar hoje.
  5. É melhor ficarem aqui.
  6. Vejamos a carta para escolher a comida.
  7. Até o ano passado eu ia ao clube todos os domingos.
  8. Leio menos desde que comecei o curso; me consome muito tempo.
  9. Veremos o que diz o diagnóstico.
  10. Tudo bem ter dito isso?
  11. Quando te mandei a mensagem, já tínhamos atravessado a fronteira.
  12. Faremos o jantar juntos.
  13. Estamos na porta há meia hora, mas ninguém sai.
  14. Não entendo como se resolve este problema, é mais difícil do que esperava.
  15. Gostaria de passar o Natal com a minha avó.
  16. Se tiver tempo no próximo ano, vou ter aulas de guitarra.
  17. No mês passado, levamos o carro à oficina.
  18. Para o casamento da minha irmã, vou usar o vestido vermelho que comprei.
  19. Se eu terminar o trabalho mais cedo, vou passar um tempo na sua casa.
  20. A banda gravou o disco em Londres.
  21. Compraram uma casa no campo para passar os fins de semana.
  22. Que filmes vão passar esta noite no cinema?
  23. Parece-me que este computador tem um vírus.
  24. Tínhamos alugado um quarto, mas quando chegamos estava ocupado.
  25. Fomos ao Museu de Belas Artes.
  26. Chove muito nesta época do ano.
  27. Tentei consertar o forno, mas não consegui.
  28. No outono, todas as árvores ficam amarelas.
  29. A música está muito alta, poderia baixar um pouco o volume?
  30. Sugiro que um médico examine essa ferida, parece muito profunda.
  31. Os elefantes usam suas trombas para vários propósitos.
  32. Pode colocar os pratos na mesa?
  33. A minha carteira foi roubada, por isso registrei queixa na polícia.
  34. A previsão do tempo indica que o clima melhorará.
  35. Nem sempre sabemos o que queremos.
  36. A família viaja o tempo todo.
  37. A prova será na próxima semana.
  38. Nunca imaginou o que o destino lhe reservava.
  39. Se a comida for insípida, coloque mais sal.
  40. O sol da manhã despontava no horizonte.
  41. Cortaram muitas árvores e agora sofremos as consequências.
  42. Se queres sair, vamos.
  43. Meu pai cantava como ninguém.
  44. A lembrança de sua juventude o invadiu no meio do concerto.
  45. O campo foi inundado pelas chuvas intensas.
  46. Todas as manhãs corro dez quilômetros.
  47. Quando precisares de mim, é só me ligar.
  48. O gato do meu irmão só come peixe.
  49. A criança aprendeu a lição muito rápido.
  50. O nadador mergulhou na piscina.

Referências

  • CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 7. ed. Rio de Janeiro: Lexikon Editora Digital, 2016.
  • BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.LIMA, ROCHA. Gramática normativa da língua portuguesa. 49. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2011.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ZAMBRA, Cristina. Verbos. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/verbos/. Acesso em: 3 março, 2024.

Sobre o autor

Autor: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Revisado por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 29 junho, 2023
Última edição: 2 março, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)