60 Exemplos de
Temas de interesse para expor

Uma exposição é uma elaboração oral de um determinado tema para um público específico, na qual se destaca a intervenção didática do expositor através do uso de explicações sobre o assunto, recursos discursivos e outras formas de material de apoio visual ou audiovisual, a fim de manter a atenção dos participantes e ser capaz de transmitir a mensagem desejada.

Podem ser realizadas exposições em infinidade de contextos: no âmbito do trabalho, na universidade, na escola ou perante uma multidão com fins políticos ou comerciais. Como esta é uma oportunidade de interação direta com as outras pessoas, é uma atividade escolar muito frequente.

Características de uma exposição

  • É oral. Pode se apoiar em material escrito e visual, mas é imprescindível a participação de um ou vários falantes informados (expositores), que deverão se manejar corretamente com a linguagem falada para poder superar o medo cênico e dirigir-se ao público.
  • É didática. O tema deve ser abordado de uma perspectiva sustentável, desde o mais geral ao mais específico, para permitir que um público variado possa entender o desenvolvimento das ideias.
  • É interativa. É uma situação comunicativa recíproca: geralmente, existe um fluxo de informação entre o expositor e o público (ou participante), à medida que o orador nota as reações de seu público. Além disso, em muitos casos, é geralmente dado espaço no final para os participantes fazerem perguntas ou participar.
  • É limitada e concisa. Uma exposição deve se ater ao tema em questão e não se estender mais da conta, o que é fundamental para manter a atenção do público e transmitir a informação que se deseja.

Como preparar uma exposição?

  • Fazer uma lista dos interesses pessoais. O primeiro passo é refletir sobre os temas que mais nos interessam, aqueles tópicos que despertam nosso interesse. Este entusiasmo se notará em nosso desempenho e nos facilitará o estudo e a coleta de dados.
  • Escolha o tema mais relevante dentro da lista. Uma vez feita a lista dos nossos interesses, poderemos escolher o que melhor se adapte à situação ou ao contexto em que devemos expor, levando em consideração o efeito que desejamos causar no nosso público.
  • Para coletar a informação. Em seguida, devemos pesquisar, ler, ver documentários, ou seja, saber tudo o que é necessário para levantar a informação pertinente em relação ao assunto, a fim de escolher o nosso ponto de vista conhecendo todo o contexto e começar a organizar as partes que terá a nossa exposição.
  • Anotar e organizar a informação. Uma vez definido o ponto de vista da exposição, devemos estruturar a informação. Podemos nos ajudar com fichas e gráficos para extrair o mais relevante, escolher os dados fundamentais. Isso implica ler muito: para expor um tema, devemos pesquisar além do minimamente indispensável.
  • Exercitar a exposição. Uma vez decidido o que vamos dizer e em que ordem, passa-se à prática. Ao exercitar a exposição, podemos analisar o tempo que nos leva, os pontos mais importantes e os recursos de estilo que queiramos somar para captar a atenção do público.
  • Preparar o material de apoio. Por último, podemos preparar material extra que refletirá as ideias mais importantes, para que o público as retenha e para que nos sirvam de guia ou lembrete.

Exemplos de temas de interesse para expor

A maior parte dos temas de interesse geral a expor se relacionam com a atualidade, as problemáticas sociais, os desafios da humanidade para o futuro e os temas que podem ser abordados de diferentes perspectivas. Por exemplo:

  1. A mudança tecnológica. Qual é o impacto das novas tecnologias na vida humana? A sociedade vem fazendo essa pergunta há anos, praticamente desde a Revolução Industrial, mas ganhou uma força enorme a partir da Revolução Digital do final do século XX e a incorporação das novas tecnologias e a internet em quase todos os aspectos da nossa vida. Mas, é tudo positivo nesse sentido? Quais vantagens e quais riscos implicam a presença destes aparelhos em todos os rincões da vida? Como influenciam as nossas formas de pensar, agir e sentir?
  2. Efeitos do consumo de tabaco e de álcool. Sabe-se que o tabaco e o álcool são drogas legais, de grande consumo no mundo há séculos, mas também se conhecem os danos que o seu consumo em excesso provoca no organismo, bem como os riscos a que o seu uso indiscriminado pode nos expor. Quais são as possíveis consequências da sua utilização? Quais medidas toma a Organização Mundial da Saúde e as outras organizações que zelam pelo bem-estar das pessoas? Quais medidas os governos devem tomar para prevenir e/ou desencorajar o consumo de tabaco e de álcool?
  3. A mudança climática. O alerta vermelho foi levantado há algum tempo: estamos mudando o mundo de forma irreversível e as consequências podem ser onerosas e imprevisíveis. Quais são as principais evidências atuais de que o mundo aumenta anualmente sua temperatura? Quais são as possíveis consequências deste fato? Quais medidas terão de ser tomadas pelos governos e por cada um de nós na sua própria casa para pôr fim a este processo?
  4. O bullying. O assédio escolar e o abuso ocorrem frequentemente na frente de professores, pais e estudantes que ignoram as consequências emocionais que isto pode desencadear nos indivíduos, justamente na fase mais constitutiva da personalidade. Por que o bullying acontece? Já fizemos bullying alguma vez sem nos dar conta? Aonde conduz a espiral da violência? Como podemos prevenir este problema e por que razão é tão importante socialmente?
  5. Distúrbios alimentares. A Anorexia e a bulimia são graves problemas de saúde, que geralmente ocorrem especialmente em populações adolescentes. Para combatê-los melhor, devemos poder reconhecê-los. Quais são os seus sintomas? Quais são suas possíveis consequências? Quais formas de tratamento existem? Como podemos ajudar um amigo ou uma amiga que está passando por alguma destas situações?
  6. A guerra. A guerra é um flagelo que tem acompanhado o ser humano desde as sociedades primitivas e que tira o pior dele para enfrentar os seus semelhantes. Por sua vez, é também um mecanismo econômico, que enriquece alguns, apesar de devastar a vida de milhares de pessoas. Quais conflitos recentes ocorreram no mundo e por quê? Quais são as consequências dos atuais conflitos bélicos e qual é a resposta da comunidade internacional? Quem são os refugiados e como ajudá-los a reconstruir as suas vidas devastadas pela guerra?
  7. A gravidez na adolescência. Uma vez que na adolescência se descobre a sexualidade e este é um tema que muitas vezes é tabu nas sociedades, a informação disponível é frequentemente escassa ou distorcida. Quais são os números da gravidez na adolescência no país e no continente? Como podemos abordar este problema e proporcionar uma melhor educação sexual às comunidades? Como podemos prevenir uma gravidez indesejada? Por que é uma questão de saúde pública?
  8. As culturas originárias americanas. Quem habitava o continente americano antes da chegada dos espanhóis? As nossas culturas originais eram diversas, diversificadas e muitas vezes mais avançadas do ponto de vista tecnológico e cultural do que se pensa. Quais foram as principais culturas originárias e que destino lhes reservou a História? Quais são as principais ruínas pré-colombianas americanas e o que sobrevive das culturas que as construíram? Como se pode preservar hoje esse legado devastado pela brutalidade da conquista?
  9. As doenças sexualmente transmissíveis. As DSTs ou Doenças Sexualmente Transmissíveis constituem um risco para as populações de todas as idades e a educação nesta área é indispensável. No entanto, muitos setores não dispõe da informação necessária para prevenir estas doenças. Quais são atualmente as principais DSTs? Quais são os seus sintomas e as suas possíveis consequências? Como podemos preveni-las? Quais são as principais condutas de risco? Quais políticas os governos devem levar adiante para informar a população?
  10. A pobreza. Muito se diz na mídia sobre a pobreza em diferentes países, mas o que significa ser pobre? Qual porcentagem da população mundial vive em estado de pobreza? Por que é um problema mundial a combater e de que maneiras pode uma nação atender a suas populações em risco? E finalmente, o que podemos fazer para reduzir esta desigualdade?

Mais exemplos de temas para expor

  1. A redução da jornada de trabalho.
  2. Os jovens que migram para outros países.
  3. O papel atual da mídia.
  4. As campanhas políticas e as redes sociais.
  5. As medidas econômicas que favorecem o comércio interno.
  6. Os benefícios do uso de dispositivos eletrônicos na aula.
  7. O ingresso na universidade.
  8. A cultura otaku: mangás e animes.
  9. Os benefícios e desvantagens da atividade mineira.
  10. O voto eletrônico ou o voto tradicional.
  11. A poluição nos oceanos.
  12. O uso e o abuso de redes sociais.
  13. O turismo espacial.
  14. As compras online e off-line.
  15. O uso de painéis solares em casas.
  16. O movimento feminista.
  17. A importância das árvores para a vida.
  18. O consumo de esteroides.
  19. A publicidade digital.
  20. O uso de aplicativos para conhecer pessoas.
  21. A importância dos espaços verdes.
  22. Os jornais e a pluralidade de vozes.
  23. As soluções eficientes de transporte público.
  24. A produção nacional versus produção estrangeira.
  25. O trabalho informal.
  1. O aumento mundial da discrepância entre ricos e pobres.
  2. A cultura oriental.
  3. As campanhas de prevenção da dengue.
  4. A corrupção e a justiça.
  5. As escolas de plurilíngues.
  6. As melhores formas de estudar.
  7. Os movimentos sociais e o impacto na agenda política.
  8. O consumismo.
  9. Circuito de produção e de venda de alimentos.
  10. O trap como revolução musical.
  11. A agricultura orgânica.
  12. Os rótulos dos alimentos.
  13. O comunismo.
  14. Os esportes extremos.
  15. As mudanças no mundo do trabalho.
  16. A cultura da imagem nas redes sociais.
  17. Como fazer uma aula divertida.
  18. A construção sustentável.
  19. A circulação das notícias falsas.
  20. O trabalho por objetivos.
  21. Os acordos de paz.
  22. Dialetos, socioletos e identidade cultural.
  23. A impressão em 3D.
  24. As criptomoedas.
  25. O estresse.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

, Equipo editorial, Etecé. Temas de interesse para expor. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/temas-de-interesse-para-expor/. Acesso em: 12 abril, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 27 março, 2024
Última edição: 12 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)