Exemplos de
Texto expositivo

Um texto expositivo é aquele que fornece ao leitor informações detalhadas sobre um tema específico da realidade, com a intenção de transmitir fatos, dados, conhecimentos ou conceitos de forma objetiva. Por exemplo: um livro didático escolar.

Os textos expositivos geralmente não envolvem as opiniões do autor e não precisam contar com argumentos para convencer o leitor, já que o objetivo principal é transmitir informações de maneira precisa. Por esta razão, a função referencial da linguagem geralmente predomina.

Os textos expositivos não são apenas informativos, mas também explicativos. Isto se deve ao fato de que, quando se referem a um tema, usam a explicação como um recurso para desenvolver o conhecimento que procuram transmitir. Por esta razão, os textos expositivos estão presentes em todos os campos científicos e acadêmicos, das ciências mais formais até as humanidades, já que o objetivo principal da ciência é oferecer explicações para os fenômenos específicos de cada área. Por exemplo: um artigo de divulgação científica, um exame universitário.

Características do texto expositivo

De um ponto de vista formal, os textos expositivos geralmente têm as seguintes características:

  • Predominam as orações enunciativas.
  • Apresentam os verbos na terceira pessoa.
  • Usam principalmente tempos verbais do modo indicativo, especialmente o presente com um valor atemporal, ou seja, que não situa a ação em um momento específico.
  • Usam uma linguagem denotativa para evitar ambiguidades e adotam uma abordagem que tende à objetividade, uma vez que procura-se clareza e precisão.
  • Apresentam uma linguagem formal em termos de registro.
  • Usam vários tipos de conectores para ordenar ideias e estabelecer relações lógicas entre os enunciados.

Tipos de textos expositivos

Os textos expositivos podem ser de dois tipos, de acordo com o público ao qual são dirigidos:

  • Textos expositivos não especializados. Destinam-se a um amplo público e tratam de temas de interesse geral a partir de uma perspectiva simples, que não requer que o leitor tenha conhecimentos prévios sobre o assunto. Por exemplo: um artigo enciclopédico.
  • Textos expositivos especializados. Utilizam linguagem técnica e são destinados a entendidos na matéria, o que os torna muito difíceis para os leitores que não são especializados no assunto. Por exemplo: o relatório de uma investigação científica.

Estrutura do texto expositivo

Os textos expositivos geralmente têm a seguinte estrutura:

  • Introdução. Apresenta-se o tema e como ele será tratado.
  • Desenvolvimento. Todas as informações relevantes sobre o assunto a ser tratado são apresentadas de uma maneira ordenada e clara.
  • Conclusão. O tema é finalizado com uma síntese dos aspectos mais relevantes do texto.

Recursos do texto expositivo

Os textos expositivos podem utilizar vários recursos para facilitar a compreensão dos conceitos que transmitem:

  • Definição. Permite que o significado de um conceito ou termo seja explicado.
  • Comparação e analogia. Estes recursos são usados para estabelecer semelhanças e diferenças entre dois elementos ou áreas.
  • Exemplificação. Permite ilustrar o que está sendo explicado com casos concretos.
  • Descrição. Detalha-se as características de algo para que o leitor possa formar sua própria representação mental.
  • Classificação. Permite que elementos ou conceitos sejam ordenados com base em características comuns.
  • Reformulação. Apresenta-se algo que já foi, mas em outras palavras, a fim de favorecer a compreensão.

Exemplos de textos expositivos

  1. Livro didático escolar

Trajetória do Sol na abóbada celeste

A altura do Sol na abóbada celeste varia ao longo das estações do ano. Durante o inverno, a altura do Sol, isto é, o ângulo de elevação do Sol acima do horizonte, para uma dada hora do dia – meio-dia, por exemplo –, em uma determinada latitude, é bem menor que a altura do Sol no período do verão.

Quando está ocorrendo o período de verão em um hemisfério, as alturas do Sol são maiores, os dias mais longos e há mais radiação solar, isto é, a quantidade de energia que atinge uma determinada área por unidade de tempo é maior. Concomitantemente, no hemisfério oposto, as alturas do Sol são menores, os dias são mais curtos e há menos radiação solar. A quantidade total de radiação solar recebida na região (latitude) depende, então, da duração do dia, da altura do Sol e da época do ano. […]

Extraído de Companhia das Ciências, 8º ano: ensino fundamental. São Paulo: Saraiva, 2018. (https://www.edocente.com.br/pnld/2020/obra/companhia-das-ciencias-8-ano-saraiva/)

  1. Verbete de dicionário

Janela

ja·ne·la

sf 1 Abertura na parede, para deixar passar a luz e o ar, através da qual se pode ver o outro lado; fenestra, ventana.

Extraído de Michaelis, dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa (https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/janela/)

  1. Verbete enciclopédico

O leão [feminino: leoa] (nome científico: Panthera leo) é uma espécie de mamífero carnívoro do gênero Panthera e da família Felidae. A espécie é atualmente encontrada na África subsaariana e na Ásia, com uma única população remanescente em perigo, no Parque Nacional da Floresta de Gir, Gujarat, Índia. Foi extinto na África do Norte e no Sudoeste Asiático em tempos históricos, e até o Pleistoceno Superior, há cerca de 10 000 anos, era o mais difundido grande mamífero terrestre depois dos humanos, sendo encontrado na maior parte da África, em muito da Eurásia, da Europa Ocidental à Índia, e na América, do Yukon ao México.

É uma dos quatro grandes felinos, com alguns machos excedendo 250 quilogramas em peso, sendo o segundo maior felino recente depois do tigre.

Extraído de Wikipédia (https://pt.wikipedia.org/wiki/Le%C3%A3o)

  1. Biografia

Jorge Amado

Jorge Amado nasceu a 10 de agosto de 1912, na fazenda Auricídia, no distrito de Ferradas, município de Itabuna, sul do Estado da Bahia. […] Publicou seu primeiro romance, O país do carnaval, em 1931. Casou-se em 1933, com Matilde Garcia Rosa, com quem teve uma filha, Lila. Nesse ano publicou seu segundo romance, Cacau.

Formou-se pela Faculdade Nacional de Direito, no Rio de Janeiro, em 1935. Militante comunista, foi obrigado a exilar-se na Argentina e no Uruguai entre 1941 e 1942, período em que fez longa viagem pela América Latina. […] Em 1945, foi eleito membro da Assembléia Nacional Constituinte, na legenda do Partido Comunista Brasileiro (PCB), tendo sido o deputado federal mais votado do Estado de São Paulo. Jorge Amado foi o autor da lei, ainda hoje em vigor, que assegura o direito à liberdade de culto religioso. Nesse mesmo ano, casou-se com Zélia Gattai. […] Jorge Amado teve que se exilar com a família na França, onde ficou até 1950, quando foi expulso.

[…]

De volta ao Brasil, Jorge Amado afastou-se, em 1955, da militância política, sem, no entanto, deixar os quadros do Partido Comunista. […] A obra literária de Jorge Amado conheceu inúmeras adaptações para cinema, teatro e televisão, além de ter sido tema de escolas de samba em várias partes do Brasil. Seus livros foram traduzidos para 49 idiomas, existindo também exemplares em braile e em formato de audiolivro. A obra de Jorge Amado mereceu diversos prêmios nacionais e internacionais, entre os quais destacam-se: Stalin da Paz (União Soviética, 1951), Latinidade (França, 1971), Nonino (Itália, 1982), Dimitrov (Bulgária, 1989), Pablo Neruda (Rússia, 1989), Etruria de Literatura (Itália, 1989), Cino Del Duca (França, 1990), Mediterrâneo (Itália, 1990), Vitaliano Brancatti (Itália, 1995), Luís de Camões (Brasil, Portugal, 1995), Jabuti (Brasil, 1959, 1995) e Ministério da Cultura (Brasil, 1997).

[…]

Extraído de “Biografia” de Jorge Amado, na Fundação Casa Jorge Amado.

  1. Folheto informativo

Atendimento no SUS às pessoas com deficiência física

  • Pessoas com deficiência podem procurar o SUS quando necessitarem de orientação, prevenção, cuidados ou assistência médica e odontológica
  • As pessoas com deficiência têm direito:
  • Encaminhamento para serviços mais complexos.
  • Receber assistência específica nas unidades especializadas de média e alta complexidade.
  • Terapias e reabilitação física, auditiva, visual ou intelectual.
  • Ajudas técnicas e meios auxiliares de locomoção de que necessitem, complementando o trabalho de reabilitação.
  • Visita dos Agentes Comunitários de Saúde.

Extraído de “Atendimento no SUS às pessoas com deficiência física”, em UNA-SUS

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

KILLMANN, Márcia. Texto expositivo. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/texto-expositivo/. Acesso em: 22 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Revisado por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 29 junho, 2023
Última edição: 4 agosto, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)