Quais são os gases nobres?

Os gases nobres (ou raros) são um conjunto de elementos químicos que compartilham uma gama determinada de características: são monoatômicos, inodoros e incolores em condições normais, têm pontos de ebulição muito baixos e só podem se liquefazer sob grandes pressões. Por exemplo: neônio, xenônio, radônio.

Os gases nobres, sobretudo, apresentam uma baixíssima reatividade química, ou seja, pouca combinabilidade com outros elementos da tabela periódica. Por essa razão, eles também receberam o nome de gases inertes ou gases raros, embora ambos os nomes sejam desaconselhados hoje em dia.

Isto significa que existem substâncias derivadas destes gases, mas não poucas utilizações industriais e práticas:

Por exemplo, o hélio substitui o hidrogênio nos balões e dirigíveis, uma vez que é um gás muito menos inflamável; e o hélio e o neônio líquidos são utilizados nos processos de criogenia. O argônio é também utilizado como enchimento de lâmpadas incandescentes, aproveitando a sua baixa inflamabilidade e outros mecanismos de iluminação.

Exemplos de gases nobres

Os gases nobres são apenas sete, por isso que só podem ser dados estes exemplos pontuais:

  1. Hélio (He). É o segundo elemento mais abundante no universo, pois as reações nucleares das estrelas o produzem a partir da fusão do hidrogênio. É muito conhecido por suas propriedades de alteração da voz humana ao ser inalado, já que o som se propaga muito mais velozmente através do hélio que através do ar. É muito mais leve do que o ar, por isso tende sempre a subir e é muitas vezes utilizado como enchimento de balões decorativos.
globos - helio gas inerte
  1. Argônio (Ar). Este elemento é muito utilizado na indústria para fabricar materiais muito reativos, e opera como isolante ou inibidor. Tal como o neônio e o hélio, é utilizado para a obtenção de certos tipos de lasers e na indústria dos semicondutores.
  2. Criptônio (Kr). Apesar de ser um gás inerte, conhece-se reações com o flúor (devido ao fato de ser muito eletronegativo) e na formação de clatratos (compostos formados por uma rede que contém aprisionadas moléculas de outros compostos) com a água e outras substâncias, já que possui um certo valor de eletronegatividade. É um dos elementos que são produzidos durante a fissão do urânio. Tem vários isótopos estáveis e radioativos.
  1. Neônio(Ne). Também é muito abundante no universo conhecido, é o elemento que confere o tom avermelhado à luz das lâmpadas fluorescentes. Foi utilizado na iluminação por tubos de neon e por isso conferiu-lhe o seu nome (apesar de que para outras cores sejam empregados gases diferentes). Também forma parte dos gases presentes nos tubos da televisão.
luces de neon en cartel
  1. Xenônio (Xe). É um gás muito pesado, presente apenas como traços na superfície terrestre, foi o primeiro gás nobre a ser sintetizado. É utilizado na fabricação de lâmpadas e dispositivos de iluminação (por exemplo, no cinema ou nos faróis de automóveis), bem como de certos lasers e anestésicos gerais, tal como o criptônio.
  2. Radônio (Rn). Produto da desintegração de elementos como o rádio ou o actínio (neste caso é conhecido como actinônio), é um gás inerte radioativo cuja versão mais estável tem uma vida média de 3,8 dias antes de se tornar polônio-218 (218Po). É um elemento perigoso e a sua utilização é limitada por ser altamente cancerígeno.
  3. Oganésson (Og). Também conhecido como eka-radônio, ununóctio (Uuo) ou elemento 118: nomes temporários para um elemento transacional recentemente denominado oganessônio. Este elemento é altamente radioativo, por isso que o seu estudo recente foi obrigado à especulação teórica, a partir da qual se duvida que seja um gás nobre, apesar de se encontrar no grupo 18 da tabela periódica. Foi descoberto em 2002.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Quais são os gases nobres?. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/quais-sao-os-gases-nobres/. Acesso em: 27 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 24 abril, 2024
Última edição: 6 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)