40 Exemplos de
Isótopos

Em química, fala-se de isótopos para fazer alusão àqueles átomos que são de um mesmo elemento, mas que, embora tenham o mesmo número atômico (ou seja, o mesmo número de prótons no núcleo), seu número mássico (soma de prótons e nêutrons) é diferente. Por exemplo: urânio, tálio, chumbo, mercúrio.

Os isótopos, então, não têm o mesmo número de nêutrons. Isto implica que um átomo pode contar com vários isótopos e ainda assim permanecer o mesmo elemento químico. Por exemplo, o prótio (1H), o deutério (2H) e o trítio (3H) são isótopos do elemento hidrogênio (H). O número no canto superior esquerdo do símbolo do elemento químico representa o número mássico do isótopo.

Geralmente, os elementos têm vários isótopos e são apenas 21 os elementos com um único isótopo natural. Por outro lado, a partir de processos radioativos, o homem conseguiu criar muitos isótopos artificialmente, embora estes se caracterizam por serem muito mais instáveis que os naturais e sua vida útil é também muito mais curta.

O conceito de “isótopo” foi criado em 1911 por Frederick Soddy, um químico e professor inglês, quando conseguiu corroborar que os átomos tinham as mesmas propriedades químicas.

Classificação dos isótopos

Os isótopos podem ser classificados em vários grupos:

  • Estáveis. Têm um período de semidesintegração (tempo necessário para que metade dos núcleos de uma amostra de um isótopo se desintegre) muito longo, de modo que não se percebe a sua desintegração no tempo.
  • Instáveis. Também conhecidos como “radioativos” (possuem propriedades radioativas), têm uma proporção de prótons e nêutrons que não permite que se mantenha a estabilidade do núcleo do átomo. Estes isótopos atravessam um estágio em que se desintegram e o seu excesso de energia é emitido sob a forma de partículas alfa, beta ou gama.
  • Naturais. São os que se encontram na natureza.
  • Artificiais. São o que se geram em laboratórios ou em usinas nucleares.

Exemplos de isótopos

Apresenta-se a seguir uma lista de alguns isótopos, por exemplo:

  1. Urânio-234 (234U)
  2. Tálio-203 (203Tl)
  3. Chumbo-207 (207Pb)
  4. Mercúrio-201 (201Hg)
  5. Irídio-191 (191Ir)
  6. Potássio-39 (39K)
  7. Rênio-185 (185Re)
  8. Zinco-67 (67Zn)
  9. Háfnio-176 (176Hf)
  10. Samário-147 (147Sm)
  11. Germânio-74 (74Ge)
  12. Disprósio-163 (163Dy)
  13. Európio-151 (151Eu)
  14. Criptônio-80 (80kr)
  15. Titânio-49 (49Ti)
  16. Gadolínio-156 (156Gd)
  17. Érbio-166 (166Er)
  18. Enxofre-32 (32S)
  19. Níquel-61 (61Ni)
  20. Carbono-12 (12C)
  1. Neodímio-142 (142nd)
  2. Cério-140 (140Ce)
  3. Xenônio-131 (131Xe)
  4. Estanho-122 (122Sn)
  5. Ferro-56 (56Fe)
  6. Cádmio-113 (113Cd)
  7. Prata-107 (107Ag)
  8. Rutênio-102 (102Ru)
  9. 29 – Lítio-6 (6Li)
  10. Oxigênio-18 (18O)
  11. Cromo-52 (52Cr)
  12. Telúrio-124 (124Te)
  13. Zircônio-94 (94Zr)
  14. Argônio-40 (40Ar)
  15. Neônio-22 (22Ne)
  16. Boro-11 (11B)
  17. Hélio-4 (4He)
  18. Molibdênio-100 (100mo)
  19. Tecnécio-99 (99Tc)
  20. Tungstênio-183 (183W)

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Isótopos. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/isotopos/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 26 abril, 2024
Última edição: 26 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)