Prudência

A prudência é a capacidade do ser humano de medir as possíveis consequências dos atos e agir com responsabilidade. A prudência implica agir de maneira justa e cautelosa, respeitando a vida e a liberdade dos outros. Por exemplo: olhar para os dois lados ao atravessar a rua.

A prudência está sempre orientada à ação. Uma pessoa que atua de maneira imprudente é possível que ponha em risco sua vida e a de outras pessoas.

O termo prudentia vem do latim e significa: “que age com consciência do que faz ou das consequências de suas ações”.

A prudência como virtude

A prudência é considerada pelo catolicismo como uma das quatro virtudes cardinais e é conhecida como “a mãe de todas as virtudes”. O catolicismo a define como a capacidade de raciocinar com bom juízo para julgar as ações como boas ou más, e poder escolher que caminho tomar em cada circunstância concreta.

A prudência supõe: ter memória, para usar as experiências do passado; docilidade, para aceitar conselhos de outras pessoas; previsão e intuição.

Exemplos de prudência

  1. Escovar os dentes após cada refeição para evitar a formação de cáries.
  2. Como pedestre, não atravessar quando o semáforo estiver com luz verde para os veículos.
  3. Expressar-se com uma linguagem clara é um ato de prudência, especialmente quando se comunicam temas delicados ou notícias desagradáveis.
  4. Não dirigir se antes bebeu álcool.
  5. Olhar para os dois lados antes de atravessar a rua.
  6. Observar a data de vencimento dos produtos que são comprados.
  7. Estudar para uma prova.
  8. Não dirigir sem luzes no veículo.
  9. Usar capacete quando usar uma bicicleta ou uma motocicleta.
  10. Não exceder o limite de velocidade em rodovias e estradas.
  11. Adicionar pouco sal às refeições.
  12. Colocar o cinto de segurança ao entrar em um carro.
  13. Utilizar os caminhos adequados quando se anda de bicicleta.
  14. Respeitar a distância em relação ao carro da frente.
  15. Utilizar o pisca-pisca quando se dirige um carro e tem a intenção de mudar de direção.
  1. Usar preservativo numa relação sexual ocasional.
  2. Utilizar luvas quando se entra em contato com um elemento tóxico.
  3. Controlar as nossas finanças.
  4. Não andar perto de um barranco.
  5. Não consumir muitos alimentos que contenham gordura.
  6. Levar um casaco para o caso de a temperatura baixar e ficar frio.
  7. Não perambular pelas ruas à noite e sem companhia para evitar roubos.
  8. Provar uma bebida quente com cuidado.
  9. Descansar durante dias, quando temos febre.
  10. Não andar na contramão.
  11. Usar protetor solar quando se está em contato com o sol.
  12. Tomar café da manhã.
  13. Fazer exames de rotina anual.
  14. Hidratar-se.
  15. Consultar um médico quando se está doente.
  1. Não atravessar a rua usando o celular.
  2. Ter um celular com bateria caso seja necessário fazer uma chamada de emergência.
  3. Se não se sabe nadar, é prudente não ir a piscinas cuja profundidade ultrapasse nossa altura.
  4. Seguir as recomendações do governo quando se está diante de uma catástrofe natural.
  5. Verificar que estamos levando tudo o que é necessário na hora de ir viajar.
  6. Verificar o prazo de validade dos serviços e cartões de crédito.
  7. Não consumir alimentos de embalagens abertas.
  8. Um arquiteto que constrói uma casa é prudente quando leva em consideração o terreno e o tipo de materiais que usará para a construção.
  9. Um atleta que treina diariamente para atingir seu objetivo é um exemplo de prudência.
  10. Um estudante que frequenta uma aula e sai de casa com tempo suficiente para chegar na hora, é um aluno prudente.
  11. Um operário é prudente quando usa capacete no seu trabalho.
  12. Um profissional é prudente quando escolhe priorizar a qualidade do seu trabalho em vez dos honorários.
  13. Um filho é prudente quando pensa antes de reagir a uma bronca dos seus pais.
  14. Quando uma pessoa vai investir uma grande soma de dinheiro em um negócio, é prudente que avalie todas as variáveis que podem ocorrer.
  15. Um trabalhador que, ao receber o seu salário, paga a totalidade das suas dívidas e impostos antes de gastar em luxos e comodidades, é prudente.
  16. Um viajante que deve tomar um avião e chega com tempo suficiente antes do embarque, é uma pessoa prudente.
  17. Uma pessoa é prudente quando fala usando as palavras certas antes de calar ou gritar.
  18. Uma pessoa é prudente quando projeta um futuro trabalho e, com base nisso, se capacita profissional e academicamente.
  19. Uma pessoa que avalia as perspectivas de emprego daquilo que deseja estudar, age de forma prudente.
  20. Quem não tem emprego e controla as despesas age de forma prudente.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

, Equipo editorial, Etecé. Prudência. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/prudencia/. Acesso em: 24 setembro, 2023.

Sobre o autor

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 29 junho, 2023
Última edição: 6 julho, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)