30 Exemplos de
Normas morais

Uma norma é um princípio ou regra que se utiliza dentro de uma sociedade para reger o comportamento das pessoas. As normas morais são um tipo de norma que determina as atitudes e condutas consideradas morais (e, portanto, esperáveis dos indivíduos) e rejeita aquelas que atentam contra os direitos ou dignidade de terceiros e que não contribuem para a harmonia e a ordem social. Por exemplo: cumprir a palavra ou promessas dadas, não mentir, pedir desculpas.

As normas morais geralmente são transmitidas de geração em geração e podem variar de acordo com os costumes e crenças de cada sociedade. Caracterizam-se pela ausência de uma sanção específica em caso de incumprimento, uma vez que não são reguladas por qualquer entidade ou instituição, mas pela sociedade no seu conjunto. No entanto, o não cumprimento das normas morais pode resultar em rejeição, isolamento ou repúdio social.

As normas morais diferem das normas jurídicas, que são aquelas normas (como leis ou decretos) que estão devidamente regulamentadas, o seu incumprimento é motivo de sanção por parte do Estado. No entanto, em muitos casos, uma norma jurídica é considerada também norma moral. Por exemplo: Não roubar ou furtar.

Características das normas morais

As normas morais se caracterizam por:

  • Serem diretrizes que regulam a conduta dos indivíduos.
  • Determinarem os comportamentos esperados dos cidadãos e repudiar aqueles que não o são.
  • Terem como função contribuir para a correta convivência entre os indivíduos de uma sociedade.
  • Estarem baseadas em valores como a honestidade, a responsabilidade, a equidade, a justiça e o respeito.
  • Serem conhecidas por todos os membros de uma sociedade, são transmitidas de geração em geração.
  • Serem variáveis ao longo do tempo.
  • Não pressupor uma sanção legal em caso de incumprimento, mas sim uma sanção social.
  • Serem normas que ao lado das normas jurídicas, sociais e religiosas regulam os comportamentos individuais e sociais.

Como surgem as normas morais?

As normas morais se desprendem de determinados valores éticos que emergem desde o interior da sociedade, como a equidade e a justiça. Um pilar que sustenta muitas das normas morais é o princípio que determina que “se deve tratar o próximo da mesma maneira que alguém queira ser tratado pelas outras pessoas”.

Ao longo da história diversos filósofos, como Aristóteles ou Immanuel Kant, consideraram questões sobre a moral. Kant, por exemplo, propôs um imperativo categórico: “Age para que a máxima de sua ação se converta em uma lei universal”.

Apesar de muitas sociedades do mundo ocidental serem regidas pelos princípios morais, em certas comunidades se considera que a moral deve estar sujeita aos desígnios de Deus e, portanto, não se deve considerar unicamente a ofensa a outras pessoas, mas também as ofensas a Deus.

De qualquer maneira, a lei não pode deixar de levar em consideração as normas morais ao considerar suas decisões e seus vereditos e a ausência de penalidades concretas para quem transgride normas morais não significa que a transgressão careça de consequências na parte social.

Exemplos de normas morais

  1. Garantir o bem-estar físico e psicológico dos filhos.
  2. Praticar atos de bondade, independentemente do seu benefício pessoal.
  3. Não mentir para outras pessoas.
  4. Ser responsável com o trabalho.
  5. Não roubar bens alheios.
  6. Permitir que grávidas ou pessoas com crianças sejam atendidas com prioridade nos bancos, supermercados ou escritórios públicos.
  7. Ajudar os vizinhos quando precisam.
  8. Não utilizar benefícios sociais destinados a pessoas com características que não se tem.
  9. Não maltratar pessoas nem animais.
  10. Não revelar segredos.
  11. Ajudar idosos e crianças.
  12. Ceder o lugar aos idosos nos transportes públicos.
  13. Ser leal àqueles que foram bondosos com você.
  14. Ser tolerante com as diferenças de pensamento dos outros.
  15. Não agredir física ou verbalmente terceiros.
  1. Cumprir os compromissos a que se comprometeu.
  2. Ganhar empregos por mérito próprio e não por laços ou favores.
  3. Não tirar vantagem de uma limitação de outra pessoa.
  4. Não copiar nos exames.
  5. Ser uma pessoa fiel nas relações de casal.
  6. Respeitar os símbolos de todas as religiões.
  7. Respeitar os símbolos pátrios.
  8. Não jogar lixo na rua.
  9. Respeitar o meio ambiente.
  10. Não discriminar o próximo.
  11. Respeitar a propriedade privada.
  12. Cumprir com a palavra ou promessas feitas.
  13. Não vandalizar os espaços públicos ou privados.
  14. Não obrigar terceiros a agir sem o seu consentimento.
  15. Pagar as dívidas contraídas.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

, Equipo editorial, Etecé. Normas morais. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/normas-morais/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 25 abril, 2024
Última edição: 25 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)