40 Exemplos de
Normas sociais, morais, jurídicas e religiosas

As normas são regras estabelecidas e que devem ser respeitadas por todos os cidadãos com o objetivo de manter a ordem e a harmonia em um determinado contexto. Por exemplo: não roubar, tratar todos com respeito. São estabelecidas para que os indivíduos interajam uns com os outros de uma maneira esperada e seu descumprimento pode levar a uma sanção ou rejeição social.

A maioria das normas deriva de quatro fontes principais: uma ordem política e os regulamentos que o Estado decide impor, uma soma de fontes religiosas, um conjunto de princípios morais que a comunidade decide adotar e uma geração social espontânea de normas que buscam a boa convivência. A partir disso, as normas podem ser:

  • Normas sociais. São normas que visam a regular o comportamento dos cidadãos para garantir uma correta convivência. Por exemplo: Ceder um assento no transporte público para mulheres grávidas.
  • Normas morais. São normas que visam a garantir que os cidadãos ajam de acordo com os valores esperados. Por exemplo: Não mentir.
  • Normas jurídicas. São normas estabelecidas pelo Estado para regular o comportamento dos cidadãos e garantir o bem comum. Caracterizam-se pelo fato de serem coercitivas. Por exemplo: É proibido fumar em espaços públicos fechados na Cidade do México.
  • Normas religiosas. São normas estabelecidas por diferentes religiões ou credos para orientar o comportamento de seus fiéis. Por exemplo: Para a religião católica, os fiéis devem assistir à missa aos domingos.

As pessoas tendem a conhecer muitas das normas desde a infância, pois elas são incutidas no âmbito familiar e escolar. Em alguns casos, as normas podem ser regulamentadas e escritas e, em outros, são conhecidas pela população sem que estejam registradas por sinais gráficos, pois são transmitidas de geração em geração.

Normas jurídicas

As normas jurídicas são aquelas que estabelecem deveres e direitos que buscam governar o comportamento dos membros de uma sociedade. Têm como principal característica o fato de serem coercitivas, ou seja, são aplicadas sanções em caso de descumprimento. Alguns tipos de normas jurídicas são as leis e os decretos.

Estas normas são regulamentadas e formuladas pela autoridade de cada território, que pode ser o órgão legislativo ou executivo, e devem ser cumpridas por todos os cidadãos de um determinado local. As normas jurídicas devem ser aplicadas a todos os indivíduos igualmente, costumam ser escritas e devem ser conhecidas por todos.

Exemplos de normas jurídicas

  1. É proibido o trabalho infantil.
  2. Todas as pessoas têm direito a uma identidade.
  3. É proibido manter relações sexuais com menores de idade.
  4. Todos os cidadãos podem se candidatar a eleições.
  5. É proibido roubar ou furtar.
  6. Todas as pessoas têm o direito a um julgamento justo.
  7. As normas e sinais de trânsito devem ser respeitados.
  8. É proibido dirigir um carro sob o efeito de álcool.
  9. Invadir ou ultrapassar propriedade privada é um crime.
  10. Extorsão é crime.

Normas sociais

As normas sociais são aquelas que regulam o comportamento das pessoas de acordo com o que é considerado mais positivo para garantir a harmonia dentro de um grupo ou sociedade. Diferentemente das normas jurídicas, as normas sociais não estão sujeitas a sanções, embora seu descumprimento possa levar à rejeição social.

Estas normas variam de acordo com os diferentes costumes e territórios. Cada cultura tem suas próprias normas sociais, apesar de existirem algumas normas que são universais. As normas sociais estão relacionadas a valores como respeito, responsabilidade e tolerância e são transmitidas de geração em geração.

Exemplos de normas sociais

  1. Esperar sua vez na fila.
  2. Cuidar do meio ambiente.
  3. Não fazer ruídos que incomodem.
  4. Ter boas maneiras à mesa.
  5. Não falar palavrões.
  6. Respeitar a opinião das outras pessoas.
  7. Esperar a sua vez de falar.
  8. Cumprimentar as pessoas quando elas chegarem a um lugar.
  9. Chegar no horário para compromissos ou reuniões.
  10. Ser educado ao se dirigir aos outros.

Normas morais

As normas morais são aquelas que derivam da ética e da moral e se referem aos comportamentos que são considerados bons ou esperados. Assim, as normas morais são aquelas relacionadas a valores como respeito, honestidade e justiça e desencorajam todos os comportamentos que prejudicam a harmonia e a paz social.

São normas que não são escritas ou regulamentadas pelo Estado ou por qualquer outra organização, mas são transmitidas de geração em geração e são conhecidas por todos os cidadãos. Algumas normas morais são a base das normas sociais e jurídicas.

Exemplos de normas morais

  1. Não se aproveitar da fraqueza física de outra pessoa.
  2. Respeitar as decisões da justiça.
  3. Comprometer-se com questões que sejam de interesse público.
  4. Ser honesto no uso do dinheiro.
  5. Cumprir com responsabilidade os compromissos assumidos.
  6. Pagar os impostos.
  7. Ser honesto com sua palavra, não mentir.
  8. Respeitar as diferenças com os outros.
  9. Ajudar as pessoas que mais precisam.
  10. Respeitar as leis.

Normas religiosas

As normas religiosas são aquelas estabelecidas por uma determinada religião ou crença e que devem ser observadas por todos os fiéis. Seu principal objetivo é regular determinadas práticas e comportamentos dos fiéis ou seguidores de uma religião.

Estas normas geralmente são escritas em códigos ou livros religiosos, variam de acordo com cada religião e devem ser conhecidas por todos os fiéis. As normas religiosas estão relacionadas ao que uma religião declara como moralmente correto e abrangem aspectos individuais e sociais de uma pessoa.

Exemplos de normas religiosas

  1. Fazer jejum e abstinência na Sexta-feira Santa (catolicismo).
  2. Fazer uma peregrinação a Meca pelo menos uma vez na vida (Islã).
  3. Não comer carne de porco (judaísmo e islamismo).
  4. Não cometer usura (Islã).
  5. Dar esmolas aos necessitados (todas as religiões).
  6. Batizar (catolicismo).
  7. Circuncidar crianças do sexo masculino (judaísmo).
  8. Ir à missa aos domingos (catolicismo).
  9. Observar o Sabbath (judaísmo).
  10. Honrar a Deus acima de tudo (catolicismo).

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

, Equipo editorial, Etecé. Normas sociais, morais, jurídicas e religiosas. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/normas-sociais-morais-juridicas-e-religiosas/. Acesso em: 26 maio, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 30 abril, 2024
Última edição: 4 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)