Propriedades dos metaloides

Um elemento que não seja metal nem não metal é classificado como metaloide ou semimetal em relação às propriedades de ionização ou de ligação. Os metaloides mostram um comportamento intermediário entre os dois grupos e por isso se encontram localizados formando uma diagonal entre os não metais e os metais na Tabela Periódica.

Os elementos considerados metaloides são os seguintes: boro (B), silício (Si), germânio (Ge), arsênio (As), telúrio (Te), polônio (Po) e antimônio (Sb).

Os metaloides compartilham certas características com metais e outras com não metais. No entanto, apresentam certas propriedades comuns que os definem.

Propriedades dos metaloides

  • Densidade. Os metaloides têm densidades intermediárias entre os não metais e os metais.
  • Maleabilidade e ponto de fusão. São geralmente pouco maleáveis, quebradiços e seu ponto de fusão é alto. Além disso, são elementos duros.
  • Reações químicas. Os metaloides não participam em um único tipo de reação química, mas podem apresentar diferentes reações. Normalmente são anfóteros, por isso podem reagir com ácidos e bases ao mesmo tempo, mas também são ligeiramente ácidos.
  • Coloração. A maioria dos metaloides é de cor cinza, embora alguns possam apresentar diferenças na coloração. Alguns metaloides apresentam policromismo, ou seja, várias cores. Quanto ao seu brilho, é frequente que apresentem brilho metálico (embora existam alguns que são opacos). Por exemplo: Uma das variantes do silício é quase marrom, enquanto a outra é azul com brilho metálico. Por outro lado, uma variante do boro é marrom e a outra é preta com brilho metálico.
  • Condutividade. São melhores condutores de eletricidade e calor do que os não metais, mas não tão bons quanto os metais. São chamados de semicondutores.
  • Estado de agregação. Quase todos são sólidos à temperatura ambiente. O arsênio, por exemplo, forma sulfuretos, raramente em estado sólido.
  • Grau de toxicidade. Embora em pequenas quantidades, alguns dos metaloides são indispensáveis para a formação de moléculas no corpo de vários organismos vivos, podem ser altamente tóxicos e letais se encontrados em quantidades consideráveis.
  • Ligação química. Como os nematoides têm propriedades intermediárias entre metais e não metais, as ligações químicas que podem formar dependem do papel que desempenham em cada composto químico que formam.
  • Abundância. Existem alguns metaloides, como o silício, que se encontram de maneira abundante na crosta terrestre. Outros, como o antimônio e o polônio, apresentam menor abundância na crosta terrestre.

Usos dos metaloides

Na maioria dos casos, os metaloides são usados para a fabricação de transistores, circuitos, chips de eletrodomésticos, lâmpadas LED e células fotovoltaicas. Também são usados como retardadores de chama e misturas de preparações para a construção de pirotecnia.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Propriedades dos metaloides. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/propriedades-dos-metaloides/. Acesso em: 26 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 17 abril, 2024
Última edição: 23 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)