De onde se obtém o ouro?

O ouro é um elemento químico metálico de cor amarela brilhante. É muito valorizado pelo ser humano, pois é muito difícil de encontrar na natureza. Além disso, é muito inerte, maleável e dúctil, o que o torna ideal para ser usado como metal precioso em joias.

Cerca de três quartos da produção mundial de ouro é consumida em joias, embora também existam aplicações industriais (especialmente na área eletrônica) e algumas médicas ou cunhagem de moedas.

Como se obtém o ouro?

Uma das teorias sobre a origem do ouro, e a mais aceita, afirma que se forma quando colapsa o núcleo das supernovas. Após a ocorrência de reações de fusão nuclear, os materiais são aquecidos e compactados, o que provoca a fusão dos núcleos mais leves, como o ferro, para formar núcleos mais pesados, como o ouro.

O ouro é um elemento bastante inerte, porque na natureza se encontra normalmente na forma de ouro metálico, quer formando pepitas, quer como parte de outros minerais como quartzo, rochas metamórficas, ardósia, calaverita, silvanita e depósitos aluviais. Normalmente é encontrado em rios.

Existem diferentes técnicas para a extração do ouro, algumas delas são:

  • Bateia. Utiliza-se um recipiente côncavo chamado bateia, enche-se a mesma com areia e cascalho, que contêm ouro. Depois, mergulha-se a bateia em água para que o ouro se deposite no fundo, pois é mais pesado que a areia e a gravilha, e pode ser separado depois.
  • Detector de metais. Utiliza-se um aparelho de detecção de metais, com o qual é possível detectar metais até um metro de profundidade. A desvantagem deste processo é que nem sempre os metais detectados são ouro.
  • Peneiramento. Areia e cascalho são peneirados para separar as partículas de acordo com o seu tamanho. Neste processo foi incluído o emprego de carvão ativo, que tem uma superfície de absorção muito grande e permite que o ouro seja absorvido. Depois, o ouro é separado do carvão utilizando soluções de álcool, soda cáustica ou cianeto.
  • Lixiviação com cianeto. Misturam-se pequenas rochas contendo ouro ou prata com uma solução de cianeto de sódio. Em seguida, adiciona-se zinco para precipitar o ouro e a prata, além de resíduos de zinco. Utiliza-se uma solução de ácido sulfúrico e ácido nítrico para eliminar o zinco, deixando apenas o ouro e a prata na forma de barras sólidas. Estas barras são purificadas para obter cada um dos metais em forma quase pura.

É importante esclarecer que o processo de lixiviação do ouro foi fortemente questionado pelos danos causados ao ambiente. Após o derrame de cianeto em Baia Mare, na Romênia, em 2000, foram feitos pedidos a mais de 27 Estados europeus para proibir a extração de metais com cianeto.

Jazidas de ouro no mundo

Os principais depósitos de ouro do planeta estão localizados na Indonésia, Uzbequistão, Rússia, Nova Guiné e República Dominicana. Por outro lado, os principais países produtores de ouro na atualidade são China, Austrália, Rússia, Estados Unidos e Canadá.

O mineral que contém ouro é um dos chamados “minerais de conflito” (3TG). O processo de extração e comercialização dos minerais de conflito contribui para a violação dos direitos humanos nos países onde são extraídos e zonas limítrofes, pois muitas vezes estes minerais são utilizados como meio de financiamento de grupos armados que são responsáveis por crimes que atentam contra os direitos humanos.

O ouro como reserva econômica

O ouro é utilizado como depósito de valor para apoiar a moeda de um país, principalmente o dólar e o euro. É também utilizado como apoio para a crise econômica e a inflação.

As reservas de ouro encontram-se nos bancos centrais. Entre os países que têm mais ouro estão os Estados Unidos ( 8133,5 toneladas de ouro), a Alemanha (3366,5 t), a Itália (2451,8 t) e a França (2436 t).

Propriedades do ouro

Propriedades químicas do ouro

O ouro é um metal muito inerte. Não reage com o ar, o calor, a umidade, nem com a maioria dos ácidos.

Dissolve-se em água-régia (mistura de ácido nítrico e ácido clorídrico), mercúrio e cianeto.

Propriedades físicas do ouro

É um metal macio, dúctil e maleável. Conduz muito bem a corrente elétrica. Além disso, o ouro não tem propriedades magnéticas, por isso não é atraído por ímãs.

Esta é uma forma de verificar se alguma peça é feita de ouro, e assim, evitar falsificações.

Continue com:

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. De onde se obtém o ouro?. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/de-onde-se-obtem-o-ouro/. Acesso em: 26 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 9 abril, 2024
Última edição: 3 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)