Recursos não renováveis

Os recursos não renováveis são recursos naturais que se esgotam, pois a velocidade com que são consumidos é muito mais rápida do que a velocidade com que são regenerados. Por exemplo: o petróleo, os minerais, o carvão e o gás natural.

Os recursos renováveis, por outro lado, são recursos naturais que, em princípio, não se esgotam quando são consumidos, pois têm uma velocidade de regeneração maior do que a velocidade de consumo. Por exemplo: a água, o vento e a luz solar.

Os recursos naturais são todos aqueles obtidos diretamente da natureza. São recursos indispensáveis para o desenvolvimento biológico dos seres humanos e dos animais, para as atividades econômicas e para o desenvolvimento social. Exemplos de recursos naturais são: o ar, a madeira, os minerais e a água.

Para que os recursos não renováveis são usados?

Os recursos não renováveis podem ser usados como matérias-primas em vários setores e aplicações, por exemplo:

  • Plásticos. Muitos plásticos são derivados do petróleo.
  • Joias. As pedras preciosas e os metais usados na fabricação de joias são obtidos de vários minerais.
  • Eletricidade. Atualmente, uma das formas de obter eletricidade é por meio da queima de combustíveis fósseis.
  • Cozimento. O gás de cozinha é usado diariamente para cozinhar.
  • Construção. As estruturas metálicas dos edifícios são feitas de metais extraídos de minérios.
  • Combustíveis para veículos. A maior parte do combustível usado nos meios de transporte atuais (carros, trens, ônibus, aviões, navios) é derivada de combustíveis fósseis.

Exemplos de recursos não renováveis

Combustíveis fósseis

São aqueles que foram formados em tempos antigos a partir de biomassa, que foi enterrada e transformada pela ação de diferentes temperaturas e pressões. Por exemplo:

  1. Petróleo
  2. Gás natural
  3. Carvão

Minerais

Os minerais são substâncias naturais, geralmente inorgânicas, que costumam ser sólidas com certa estrutura cristalina. Por exemplo:

  1. Ortoclásio (KAlSi3O8)
  2. Caolinita (Al2Si2O5(OH)4)
  3. Rodocrosita (MnCO3)
  4. Wulfenita (PbMoO4)
  5. Dolomita (CaMg(CO3)2)
  6. Hemimorfita (Zn4Si2O7(OH)2·H2O)
  7. Cuprita (Cu2O)
  8. Selenita CaSO4·2H2O
  9. Sodalita (Na8(Al6Si6O24)Cl2)
  10. Fluorapatite (Ca5(PO4)3F)

Metais

Os metais são elementos químicos que conduzem muito bem o calor e a eletricidade. Podem ser encontrados como metais nativos ou como parte de minerais. Por exemplo:

  1. Cobre (Cu)
  2. Ouro (Au)
  3. Prata (Ag)
  4. Ferro (Fe)
  5. Cálcio (Ca)
  6. Sódio (Na)
  7. Lítio (Li)
  8. Magnésio (Mg)
  9. Alumínio (Al)
  10. Mercúrio (Hg)

Recursos renováveis

Os recursos renováveis são aqueles cuja velocidade de consumo é menor do que a velocidade de regeneração, portanto, podem ser renovados.

É importante esclarecer que um recurso renovável pode se tornar um recurso esgotado se for consumido de forma descontrolada e não tiver tempo suficiente para se regenerar.

Um exemplo disso é a madeira. Se as árvores forem derrubadas indiscriminadamente (devido ao alto consumo de madeira e seus derivados), não haverá tempo suficiente para crescerem até a fase adulta e serem utilizadas novamente. Por esse motivo, o recurso “madeira” começa a se esgotar.

Os recursos que são consumidos em um ritmo muito mais rápido do que a natureza pode repor são geralmente considerados não renováveis. Por esse motivo, promove-se o uso sustentável desses recursos. Esses são, sem dúvida, os que mais precisam ser cuidados, para o benefício das gerações futuras.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Recursos não renováveis. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/recursos-nao-renovaveis/. Acesso em: 26 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 14 julho, 2023
Última edição: 14 julho, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)