De onde é extraído o ferro?

O ferro é o segundo metal mais abundante da crosta terrestre, depois do alumínio e é o quarto elemento mais abundante na Terra. Além disso, devido ao núcleo terrestre ser constituído principalmente por esse elemento, é o elemento mais concentrado no planeta Terra. Por outro lado, é o metal mais pesado que pode ser produzido no núcleo das estrelas em massa.

A cor do ferro é cinza-prateada. Na natureza não se encontra geralmente livre, pois se encontra formando minerais e muitos óxidos.

Extração do ferro

Dado que o ferro não se encontra no estado puro na natureza, obtém-se principalmente a partir de óxidos e outros minerais.

As maiores reservas de ferro estão atualmente na Bolívia e os principais produtores são a Austrália, o Brasil, a China e a Índia.

Alguns dos passos para a extração do ferro das minas são:

  • A utilização de explosivos para desprender a rocha. O material obtido é transportado em caminhões para a estação de tratamento.
  • Antes da chegada à estação de tratamento, os caminhões passam por detectores de metais para verificar se o ferro se encontra na sua carga. Caso contrário, a carga é descartada.
  • As rochas são trituradas para separar o minério (parte do minério que contém ferro) da ganga (terra, rochas, impurezas).
  • O ferro é separado do material triturado. A separação pode ser realizada de várias formas:
    • Utilizando ímãs. O ferro tem propriedades magnéticas, o que faz com que seja atraído por ímãs e assim pode ser separado do material não ferroso, como rochas e impurezas.
    • Utilizando flutuação. Existem métodos que permitem aderir detergentes ao ferro permitindo flutuar.

O material obtido ainda tem menos de 70% de ferro, por isso deve ser purificado. O processo de purificação é realizado utilizando um forno, onde se realiza um processo no qual o material é colocado na parte inferior do forno, que está à temperatura de fusão (temperatura à qual um sólido se transforma em líquido) do ferro.

Como existe uma diferença de densidades entre o ferro fundido e a escória, separam-se no fundo do forno, em uma zona chamada de cadinho. O ferro fundido permanece na parte inferior do cadinho, enquanto a escória permanece na parte superior.

Usos do ferro

O ferro representa 95% da produção mundial de metais. É utilizado pelo ser humano há, pelo menos, seis mil anos. Geralmente não é usado em estado puro, com exceção de seu uso magnético. Algumas aplicações do ferro são as seguintes:

  • Um dos principais usos do ferro é para formar aço, que é uma mistura de ferro com uma porcentagem máxima de 2,1% de carbono, se tiver mais carbono, é considerada uma fundição.
  • A formação de aço inoxidável consiste em adicionar ao aço 12% de cromo, evitando assim a formação de óxidos de ferro. O aço inoxidável é utilizado para fabricar fogões, móveis para laboratório e materiais utilizados pela medicina.
  • Para fazer ferro fundido ou ferro cinzento, que é uma mistura especial de ferro com mais de 2% de carbono e mais de 1% de silício. Em sua composição também contém manganês, fósforo e enxofre. Era utilizado em épocas antigas para fabricar canhões e tubulações.
  • O ferro forjado ou “ferro doce”, é o tipo de ferro que permite ser forjado e martelado para tomar diferentes formas quando submetido a altas temperaturas, o que costuma se chamar “o vermelho”. Se resfria rapidamente, o ferro forjado endurece. Este tipo de ferro tem muito menos carbono do que o aço (entre 0,05% e 0,25 É usado principalmente para construir estruturas de arquitetura e engenharia, como grades e determinadas peças.
  • Os óxidos de ferro são utilizados para produzir tintas e corantes.
  • O ferro, devido às suas propriedades magnéticas, é utilizado para fabricar ímãs.

O ferro e a saúde

O ferro é um elemento necessário para o organismo, já que faz parte da hemoglobina, que é uma proteína que transporta:

  • O oxigênio (O2) vai desde os órgãos respiratórios até aos tecidos.
  • O dióxido de carbono (CO2) desde os tecidos até os órgãos respiratórios, para que seja removido do organismo.

O excesso de ferro no organismo é prejudicial e pode causar envenenamento. O acúmulo de ferro nos tecidos é chamado de siderose. O fígado é o órgão onde o ferro se acumula, causando graves danos às suas funções.

Por essa razão, deixaram de ser fabricadas canos de água de ferro fundido. Além disso, ficou provado que o trabalho na fundição de ferro e aço é uma importante causa de câncer.

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. De onde é extraído o ferro?. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/de-onde-e-extraido-o-ferro/. Acesso em: 26 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 8 abril, 2024
Última edição: 11 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)