25 Exemplos de
Rochas sedimentares, ígneas e metamórficas

As rochas são a associação de um ou mais minerais. São materiais sólidos produzidos através de processos geológicos e se modificam constantemente devido à ação de diferentes agentes geológicos, como a água ou o vento, e também por seres vivos. Alguns exemplos de rochas são: granito, calcário e mármore.

As rochas são classificadas segundo suas propriedades em rochas ígneas, sedimentares e metamórficas.

Rochas ígneas

As rochas ígneas são o resultado da solidificação do magma, que é uma mistura composta por uma fase líquida e uma fase gasosa. A fase líquida é constituída de rocha fundida e a fase gasosa de vários gases, como o dióxido de carbono (CO2) e o vapor de água.

As rochas ígneas podem ser intrusivas ou extrusivas:

  • Rochas intrusivas. Também chamadas de plutônicas, formam-se quando o magma esfria lentamente e produz cristais grandes, razão pela qual são chamadas de rochas de granulação grossa.
  • Rochas extrusivas. Também chamadas de vulcânicas, formam-se como resultado do resfriamento da lava na superfície da Terra após uma erupção vulcânica. O resfriamento ocorre rapidamente e não é possível formar cristais grandes, e por essa razão são chamadas de rochas de granulação fina.

Exemplos de rochas ígneas

  1. Granito (plutônica). É uma rocha cinza ou vermelho-claro. É composta de quartzo, feldspato alcalino e mica.
  2. Pórfiro (plutônica). É uma rocha vermelha escura. É composta de magma solidificado que forma cristais de feldspato e quartzo.
  3. Gabro (plutônica). É uma rocha com textura grossa. É composta de plagioclásio cálcico, piroxênio, olivina, hornblenda e hiperstênio.
  4. Sienito (plutônica). É uma rocha de aparência intermediária entre as rochas de granulação fina e as de granulação grossa. É composta de feldspato e plagioclásio, embora também possa conter quartzo e feldspatoides.
  5. Diorito (plutônica). É uma rocha de composição intermediária entre o granito e o gabro. É composta de feldspatos e minerais escuros, embora possa conter também biotita e piroxênio.
  6. Peridotito (plutônica). É uma rocha escura e de alta densidade. É composta principalmente de olivina, piroxênio e anfibólio.
  7. Tonalito (plutônica). É uma rocha composta de quartzo, plagioclásio, hornblenda e biotita.
  8. Basalto (vulcânica). É uma rocha de cor escura. É composta de sílica e silicatos de magnésio e ferro.
  9. Andesito (vulcânica). É uma rocha cinza-escura ou intermediária. É composta de plagioclásio e minerais ferromagnesianos, embora também possa conter sanidina e quartzo.
  10. Riolito (vulcânica). É uma rocha marrom, cinza ou avermelhada. É composta de quartzo, feldspato potássico, oligoclásio, biotita, anfibólio e piroxênio.
  11. Dacito (vulcânica). É uma rocha marrom e verde. Tem alto teor de ferro, além disso, contém feldspato plagioclásio, hornblenda e piroxênio.
  12. Traquito (vulcânica). É uma rocha de textura fina. É composta de feldspato potássico e plagioclásio, biotita, piroxênio e hornblenda.

Rochas sedimentares

As rochas sedimentares se formam a partir do acúmulo de sedimentos que são compostos de partículas que podem ser provenientes da destruição de outras rochas que existiam anteriormente.

Estas partículas são transportadas pela água e pelo vento para se acumularem em depósitos residuais, nos quais são submetidas a diferentes processos físicos e químicos (diagênese), que acabam levando à formação de rochas sedimentares. A ação de alguns seres vivos também pode contribuir para a formação desse tipo de rocha.

Esse tipo de rocha se forma nas margens de rios, mares e lagos, bem como no fundo de vales e barrancos, que são locais onde os sedimentos se acumulam.

Exemplos de rochas sedimentares

  1. Brecha. É uma rocha sedimentar detrítica. É composta de fragmentos angulares de rocha com mais de 2 milímetros. Estes fragmentos são unidos por um cimento natural.
  2. Arenito. É uma rocha sedimentar detrítica de diferentes cores. Contém clastos (grãos de outras rochas ou minerais que compõem a rocha sedimentar) de tamanho arenoso.
  3. Lutita. É uma rocha sedimentar clástica. É composta de detritos (obtidos quando se decompõe uma massa sólida) clásticos, que são compostos de partículas de argila e silte.
  4. Marga. É uma rocha sedimentar que geralmente tem cor esbranquiçada. É composta de calcita e argilas.
  5. Calcário. É uma rocha sedimentar que pode ser branca, preta ou marrom. É composta principalmente de carbonato de cálcio (CaCO3).

Rochas metamórficas

As rochas metamórficas são aquelas que se formam quando outras se modificam outras rochas preexistentes que se encontram no interior da Terra, o que ocorre por meio de um processo chamado metamorfismo.

Esta modificação ocorre quando as rochas são submetidas a temperaturas e pressões diferentes daquelas de sua origem. Ademais, este processo não implica em mudanças na estrutura e na composição química das rochas.

É possível encontrar rochas metamórficas em montanhas, ao longo das costas e entre placas continentais.

Exemplos de rochas metamórficas

  1. Mármore. É uma rocha metamórfica compacta que se forma a partir de rochas calcárias quando submetida a alta temperatura e pressão. Seu componente básico é o carbonato de cálcio (CaCO3).
  2. Gnaisse. É uma rocha metamórfica composta de quartzo, feldspato e mica. Sua composição é a mesma do granito, mas forma camadas alternadas de minerais claros e escuros.
  3. Quartzito. É uma rocha metamórfica dura com alto teor de quartzo.
  4. Anfibolito. É uma rocha metamórfica composta quase inteiramente de minerais anfibólios. São consideradas as rochas mais antigas encontradas.
  5. Granulito. São rochas metamórficas formadas por um processo metamórfico de alta temperatura. São de cor esbranquiçada, com incrustações de cor granada. São encontradas em cristas oceânicas.

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Rochas sedimentares, ígneas e metamórficas. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/rochas-sedimentares-igneas-e-metamorficas/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 28 abril, 2024
Última edição: 10 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)