20 Exemplos de
Injustiça

A injustiça é a ausência de justiça e ocorre em situações em que uma ou mais pessoas são recompensadas de forma insuficiente por um esforço que fizeram, ou são submetidas a um castigo ou prejuízo sem nenhuma razão que o justifique. Por exemplo: Trapacear em um jogo de cartas, roubar, mentir.

Implica sempre o benefício de um indivíduo à custa do prejuízo ou dano de outro, e se diferencia da justiça, que é o valor de dar a cada indivíduo o que lhe corresponde. Enquanto a justiça está relacionada com valores como o bem, a equidade e a liberdade, nos atos injustos se age sem levar em consideração valores como o respeito e a humildade.

As situações injustas são aquelas em que os direitos dos indivíduos são violados e podem ocorrer tanto no setor privado como no público e afetar mais do que um indivíduo de cada vez. Dentro de uma sociedade, a injustiça vai contra o bem comum e dificulta o desenvolvimento de ambientes harmoniosos e equilibrados. Muitas injustiças são contempladas e penalizadas pelas leis, como os roubos, os furtos, a corrupção e as calúnias.

Embora, geralmente se fale de injustiça dentro das relações humanas, também se podem encontrar situações injustas nas relações entre o ser humano e outros seres vivos, como a pesca e o desflorestamento indiscriminado.

Injustiça social

É conhecida como injustiça social uma situação que se verifica no âmbito de uma sociedade e é um conceito contrário à justiça social.

Enquanto a justiça social pressupõe que todos os indivíduos possam ter acesso a uma igualdade de oportunidades, a injustiça social manifesta-se quando não impera a justiça social e existe um desequilíbrio em que nem todos os cidadãos têm acesso aos mesmos direitos para poderem resolver as suas necessidades básicas.

Exemplos de injustiça

  1. Corrupção. Quando um ou vários políticos enriquecem à custa do erário público, é cometido um ato injusto, uma vez que o dinheiro dos contribuintes é utilizado para outros fins.
  2. Racismo. Quando uma pessoa discrimina outra por razões de raça ou origem, verifica-se um caso de injustiça em que não se reconhece a igualdade de direitos.
  3. Guerras. Quando ocorre uma guerra se dá uma situação injusta, porque, em muitos casos, os mais afetados pela situação bélica são os cidadãos.
  4. Violência. Qualquer tipo de violência é uma situação injusta. Pode ser física, psicológica ou verbal e ocorre em ambientes como a família, a escola e outros grupos sociais. Alguns tipos de violência são violência de gênero, bullying, assédio, violência racial, entre outros.
  5. Censura. Quando os indivíduos são proibidos de manifestar opiniões e pontos de vista, verifica-se um tipo de injustiça que não permite aos cidadãos exercer plenamente os seus direitos.
  6. Discriminação. Quando uma pessoa é discriminada por qualquer motivo (raça, idade, identidade sexual, opinião, religião) é cometido um ato injusto que deve ser condenado e perseguido.
  7. Desigualdade. Quando nem todos os indivíduos têm acesso às suas necessidades básicas, há casos de injustiça porque lhes é negado o acesso a direitos como a saúde, a educação e a habitação digna.
  8. Crime. Quando uma pessoa comete um crime, comete uma injustiça, porque ninguém tem o direito de tirar a vida de outra pessoa. Se por qualquer motivo o autor do crime não chega a ser julgado e preso, então também comete um ato injusto.
  9. Privilégios. Quando se aplica a lei de forma diferente a um ou vários indivíduos, está diante de um caso de injustiça, que aumenta as desigualdades sociais.
  10. Engano. Quando uma pessoa mente ou oculta informação a outra pessoa em prejuízo de si, está cometendo um ato injusto.
  1. Fraude eleitoral. Quando se alteram os resultados de uma eleição tem-se como consequência uma injustiça, já que não se respeita a decisão dos cidadãos.
  2. Perseguição. Quando um indivíduo ou grupo é perseguido ou amedrontado por qualquer motivo, é cometido um ato injusto, porque todas as pessoas têm o direito de se expressar livremente.
  3. Roubo. Quando uma pessoa tira da outra algo que lhe pertence, dá-se um caso de injustiça que atenta contra os direitos e vai contra a harmonia social.
  4. Maus-tratos aos animais. Quando os animais são maltratados é cometido um ato injusto porque eles não têm capacidade de se defender.
  5. Cópia. Quando uma pessoa reproduz total ou parcialmente uma obra que não é de sua autoria, sem o consentimento do autor, dá-se um ato injusto.
  6. Violação de direitos. Quando os Estados violam os direitos humanos dos indivíduos de um país e proíbem qualquer possibilidade de queixa ou pedido de socorro, verifica-se um ato de injustiça.
  7. Dívidas. Quando uma pessoa contrai uma dívida e depois não paga o correspondente no tempo solicitado, comete um ato injusto porque prejudica a pessoa que prestou o dinheiro.
  8. Suborno. Quando um indivíduo suborna outro para cometer um crime, é cometido um ato injusto que viola os direitos de todos os outros cidadãos e coloca um ou mais indivíduos em posição de privilégio.
  9. Trapaça. Quando uma pessoa usa um determinado mecanismo a fim de enganar outro, um ato injusto é verificado.
  10. Exploração no trabalho. Quando uma pessoa é obrigada a trabalhar mais do que o previamente estabelecido, ocorre uma injustiça.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

, Equipo editorial, Etecé. Injustiça. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/injustica/. Acesso em: 26 maio, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 24 abril, 2024
Última edição: 24 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)