50 Exemplos de
Hipérbole

A hipérbole é uma figura de linguagem que consiste em exagerar a realidade para dar mais força expressiva à mensagem que se transmite. Por exemplo: Quase morri de susto.

Uma hipérbole, então, supõe o aumento ou a diminuição excessiva de certos traços ou magnitudes que se atribuem a um referente ou a uma situação. O objetivo não é falsear a realidade ou mentir, mas transmitir uma apreciação subjetiva de uma maneira mais estética ou enfática, para produzir determinado efeito ou impressão no interlocutor. É por isso que as hipérboles não devem ser interpretadas literalmente, mas sim em sentido figurado. Por exemplo: Você é a melhor mãe do mundo.

Este recurso é frequentemente utilizado não só na poesia, mas também para gerar humor ou sentido irônico, nos relatos e diálogos da vida quotidiana, na política e na publicidade, entre muitos outros âmbitos. Por exemplo: Mais rico, impossível. Você não pode deixar de provar!

Exemplos de hipérboles (explicadas)

  1. As crianças morreram de medo na peça de teatro. (As crianças sentiram muito medo na peça de teatro).
  2. Tenho tanta fome que comeria um boi inteiro. (Tenho muita fome).
  3. Este cachorrinho é o mais bonito de todo o mundo. (Este cachorrinho é muito bonito).
  4. Eu te amo até o infinito e mais além. (Eu te amo muito).
  5. O filme é excelente, eu quase morri de rir o tempo todo. (Eu ri muito durante todo o filme).
  6. Tive que deixar as coisas na gôndola porque havia dez milhões de pessoas na fila do caixa. (A fila do caixa era muito longa).
  7. A apresentação do livro foi um sucesso, estava todo mundo. (Foram muitas pessoas à apresentação do livro).
  8. Estava morto, dormiu assim que chegou em casa. (Estava muito cansado).
  9. Já fiz esse procedimento um milhão de vezes. (Fiz muitas vezes esse procedimento).
  10. Apresentou-se com um sorriso de orelha a orelha. (Apresentou-se muito contente).
  11. Esta mochila pesa uma tonelada. (A mochila é muito pesada).
  12. Está morta de vontade de ir à festa. (Tem muita vontade de ir à festa).
  13. É uma menina muito estudiosa, leu todos os livros da biblioteca da escola. (Leu muitos dos livros da biblioteca).
  14. Senti que o filme não terminava mais, durou uma eternidade. (O filme me pareceu muito longo).
  15. A fila para comprar os ingressos era gigante. (A fila para comprar os ingressos era muito longa).
  16. Sua tristeza não tem fim. (Está muito triste).
  17. Demorei mil horas para encontrar a peça que precisava. (Demorei muito tempo para encontrar a peça que precisava).
  18. Esse rapaz é o mais simpático do mundo. (Esse rapaz é muito simpático).
  19. Meu irmão comeu o bolo em um segundo. (Meu irmão comeu o bolo muito rápido).
  20. Eu falei mil vezes que organize o seu quarto. (Eu falei muitas vezes que organize o seu quarto).
  21. Todo o planeta conhece os Beatles. (Os Beatles são muito conhecidos).
  22. Esta cidade é incrível, os bares nunca fecham. (A cidade tem muito movimento noturno).
  23. Fez tanto barulho quando chegou que acordou todo o bairro. (Fez muito barulho ao chegar).
  24. Caiu na rua e todo mundo olhou para ele. (Muitas pessoas olharam para ele quando caiu na rua).
  25. Você já me contou cem vezes essa história. (Você já me contou muitas vezes essa história).
  26. Meu tio é o melhor mágico do mundo. (Meu tio é um excelente mágico).
  27. Há cem anos espero uma resposta. (Há muito tempo espero uma resposta).
  28. Estou derretendo por causa do calor que está fazendo. (Estou sentindo muito calor).
  29. Não há ninguém que não o conheça. (Muitas pessoas o conhecem).
  30. O meu agradecimento para com ele é infinito. (O meu agradecimento para com ele é muito).

Exemplos de hipérboles na literatura e na música

Paixão cruel, desenfreada
Te trago mil rosas roubadas
Pra desculpar minhas mentiras
Minhas mancadas.

Cazuza, fragmento de Exagerado.

Foi minha desgraça. O professor disse que daquela vez o senhor Braga o havia decepcionado, não tinha levado a sério seu dever e não merecia uma nota maior do que 5; e para mostrar como era ruim minha composição leu aquele final: “um burro zurrando escandalosamente”.

Rubem Braga, fragmento de “A minha glória literária”.

Rosas te brotarão da boca, se cantares!
Rios te correrão dos olhos, se chorares!
E se, em torno ao teu corpo encantador e nu,
Tudo morrer, que importa? A Natureza és tu.

Olavo Bilac, fragmento de “A alvorada do amor”.

E pensar que alguns dias antes estaria louco de alegria por me ver numa situação semelhante. Não falta nada: a noite, o murmúrio da folhagem, a espera, os índios com seus espiões à espreita e eu, o cowboy desarmado que vai cruzar o limite do território deles. Minha vida pendurada na ponta de seus fuzis…

Joseph Joffo, fragmento de Os Meninos que Enganavam Nazistas.

Pertinho da minha casa, já formou uma lagoa.
Com lágrimas dos meus olhos, por causa de uma pessoa.

Tião Carreiro e Dino Franco, fragmento de Rio de lágrimas.

Na chuva de cores
Da tarde que explode
A lagoa brilha.

Carlos Drummond de Andrade, fragmento de “Lagoa”.

Um beijo fala mais que mil palavras
Um toque é bem mais que poesia
No seu olhar enxergo a sua alma
Sua fala é uma linda melodia.

Luan Santana, fragmento da música Um beijo.

Hoje o tempo voa, amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Não há tempo que volte, amor.

Lulu Santos, fragmento da música Tempos modernos.

O meu coração
Já estava aposentado
Sem nenhuma ilusão
Tinha sido maltratado.

Marisa Monte, fragmento da música Ainda bem.

Devia ter me importado menos com problemas pequenos
Ter morrido de amor
Queria ter aceitado a vida como ela é
A cada um cabe alegrias e a tristeza que vier.

Titãs, fragmento da música Epitáfio.

Mais exemplos de hipérboles (explicadas)

  1. Eu já expliquei um milhão de vezes o conteúdo da prova. (Eu já expliquei muitas vezes sobre o conteúdo da prova).
  2. Quando retiraram meu siso, não senti absolutamente nada. (Quando retiraram o meu siso, não senti dor).
  3. Eu morro de rir quando vejo esta propaganda! (eu rio muito quando vejo esta propaganda).
  4. Estou esperando há milênios pela chegada deste dia. (Estou esperando há muito tempo pela chegada deste dia).
  5. Minha mãe gastou rios de dinheiro comprando roupas.(Minha mãe gastou muito dinheiro comprando roupas).
  6. O filme era tão ruim que fiquei morrendo de sono. (O filme era tão ruim que fiquei com muito sono).
  7. O jornal demorou uma eternidade para começar. (O jornal demorou muito para começar).
  8. Está um calor de matar lá fora! (Está um calor muito forte lá fora).
  9. Você leva anos para limpar a casa. (Você demora muito para limpar a casa.).
  10. O almoço atrasou, eu estava com uma fome de leão! (O almoço atrasou, eu estava com muita fome).

Outras figuras de linguagem ou figuras de estilo

As figuras de linguagem são maneiras não convencionais de usar as palavras para dar maior beleza, expressividade ou vivacidade.

MetáforaÉ a identificação de um objeto real com um objeto imaginário, com o qual ele mantém uma relação de similaridade.Este lugar é um paraíso.
Comparação ou símileEstabelece uma relação explícita de similaridade entre dois elementos, com base em alguma característica comum, e geralmente acompanhada de um conectivo.Ficou como uma fera.
HipérboleÉ um exagero com o objetivo de intensificar, degradar ou ampliar.Estou morrendo de saudades.
PersonificaçãoÉ a atribuição de qualidades humanas a seres ou animais inanimados.As árvores choram.
AliteraçãoÉ a repetição de fonemas vocálicos ou consonantais em palavras próximas.Minha mãe me mima.
AnáforaÉ a repetição de uma ou mais palavras no início de duas ou mais frases consecutivas.Aqui estamos, aqui permaneceremos.
SinestesiaÉ a atribuição de sensações físicas a sentimentos ou a conceitos aos quais tal atribuição não corresponderia.Escutávamos o doce som da flauta.
MetonímiaÉ a designação de um objeto ou ideia com o nome de outro, com o qual se relaciona por contiguidade ou aproximação.Este ano leremos Os Lusíadas.

Continue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

RIBAS, Natalia. Hipérbole. Enciclopédia de Exemplos, 2023. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/hiperbole/. Acesso em: 12 abril, 2024.

Sobre o autor

Autor: Natalia Ribas

Licenciada em Letras (Universidad de Buenos Aires).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 29 junho, 2023
Última edição: 21 março, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)