10 Exemplos de
Energia química

A energia química é aquela que pode ser libertada nas diferentes reações químicas às quais a matéria é suscetível, ou seja, aquela contida nos diferentes compostos químicos. Por exemplo: fotossíntese, explosões, baterias e pilhas.

A energia química é explorada diariamente em diferentes áreas da nossa vida, onde ocorrem diversas reações químicas. Costuma-se dizer que esta forma de energia está contida nos corpos, e por essa mesma razão nos será evidente só quando estes corpos forem submetidos a alguma alteração importante na sua matéria.

Na verdade, toda forma de combustível contém uma energia química que pode ser traduzida para uma quantidade de calor, e que pode ser convertida em um trabalho específico. E nesse sentido, toda fonte de energia química pode liberar sua energia durante a transformação da matéria em que estava contida.

Exemplos de energia química

fotosintesis - ilustración
  1. A fotossíntese. As plantas obtêm a sua energia da reação química que ocorre no seu interior, entre a luz solar, o CO2 e a água, e formam glicose (C6H12O6) e oxigênio (O2 ). Esta energia resultante de uma reação química está contida nas moléculas das substâncias participantes e é utilizada pelas plantas para seu benefício e manutenção vital.
energía química
  1. A respiração. Os animais necessitam de oxigênio e glicose para liberar água, CO2 e obter energia, indispensável para manter o ciclo de vida. Este é um dos processos que nos mantém vivos e que compartilhamos com todo o reino animal.
  1. A combustão. Quando ligamos um automóvel, a gasolina ou a mistura de hidrocarbonetos que utiliza como combustível é submetida a um ciclo de combustões e detonações controladas que gera a energia que, por sua vez, permite o movimento. Este combustível contém essa energia nas moléculas de hidrocarbonetos que, durante as reações, se transformam em outros compostos e liberam energia. O butano é um dos hidrocarbonetos que compõem a gasolina.
  1. A decomposição. Os fungos e as bactérias que se alimentam da matéria orgânica em decomposição podem obter a energia necessária para os seus processos de fermentação dos açúcares e dos amidos, e obter álcoois ou outros produtos como resultado do processo que quebra as moléculas da matéria orgânica. Isto é semelhante ao que ocorre em nosso estômago, onde os ácidos rompem as ligações moleculares das moléculas que conformam a comida gerando calorias.
  2. As viagens espaciais. Os combustíveis utilizados pelas naves que viajam à lua ou que enviam satélites para o espaço não são simples, como os que consomem um motor de combustão interna. Pelo contrário, são o resultado de reações químicas extremamente complexas cuja liberação de energia é tão grande que pode neutralizar a lei de gravidade sobre um objeto das magnitudes de um foguete durante o tempo suficiente para abandonar a atmosfera.
  1. A corrosão. Muitas das substâncias químicas que manuseamos no nosso cotidiano, como desentupidores de canos e outros que contêm ácidos ou bases extremas, são materiais corrosivos, capazes de desgastar a superfície com a qual entram em contato, em um processo que libera calor e consome toda a matéria orgânica. Muitas queimaduras por contato com corrosivos são devidas ao calor que a decomposição dos lipídios da pele produz, mais do que ao próprio efeito da substância.
  2. Reações exotérmicas. Muitas substâncias (como a soda cáustica) são tão dessecantes que, quando entram em contato com a água, reagem exotermicamente, ou seja, liberam calor. Estas reações, que não são exclusivas das bases fortes, liberam energia para o ambiente e podem ser perigosas para os seres vivos.
  1. As explosões. Existem substâncias muito instáveis quimicamente que ao entrar em contato com o oxigênio do ar reagem liberando grandes e súbitas quantidades de energia calórica e geram uma explosão.
  2. As baterias e as pilhas. As baterias que tanto usamos (controles remotos, automóveis, celulares) contêm diversos ácidos e metais em reação controlada, cujo resultado imediato é uma quantidade aproveitável de eletricidade. Quando as pilhas já não funcionam, esta eletricidade é perdida e as baterias devem ser substituídas.

Outros tipos de energia

Energia potencialEnergia mecânica
Energia hidroelétricaEnergia interna
Energia elétricaEnergia térmica
Energía geotérmicaEnergia solar
Energia eólicaEnergia nuclear
Energia cinéticaEnergia sonora
Energia calóricaEnergia hidráulica

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Energia química. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/energia-quimica/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ).

Data de publicação: 25 abril, 2024
Última edição: 23 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)