50 Exemplos de
Os cinco reinos

Os seres vivos podem ser classificados em cinco reinos (Reino Animal, Reino Vegetal, Reino Fungi, Reino Protista e Reino Monera) conforme certas características comuns que os agrupam.

Esta divisão foi postulada pelo botânico americano Robert Whittaker em 1969. Whittaker agrupou os seres vivos em cada reino de acordo com suas características morfológicas, modo de locomoção, tipo de reprodução e estrutura celular. Esses reinos são:

  • Reino Animal. É formado por organismos eucarióticos multicelulares, que se distinguem de outros organismos eucarióticos por sua capacidade locomotora altamente desenvolvida e por não terem parede celular. Por exemplo: anfíbios, como os sapos, répteis, como os lagartos, mamíferos, como os ursos.
  • Reino Vegetal. Também chamado de Reino Plantae, consiste em organismos eucarióticos multicelulares, que vivem em ecossistemas terrestres e aquáticos e obtêm sua energia por meio da fotossíntese. Por exemplo: árvores como o carvalho, arbustos como o ligustro, vegetais como a alface.
  • Reino Fungi. É formado por organismos eucarióticos, em sua maioria multicelulares, que diferem das plantas por serem heterotróficos e dos animais por terem células com uma parede celular (composta de quitina, o que os diferencia das plantas compostas de celulose). Por exemplo: os fungos, como os champignons, as leveduras, como a levedura de cerveja.
  • Reino Protista. Consiste em organismos eucarióticos, principalmente unicelulares, embora também possam ser organismos coloniais ou multicelulares simples que não formam tecidos. Este reino inclui uma grande variedade de organismos que são diferentes uns dos outros. Por exemplo: as amebas, os protozoários, como a paramecia, as algas pardas.
  • Reino Monera. É formado por organismos procarióticos. Este reino é o único que não é formado por organismos eucarióticos. Por exemplo: bactérias como bacilos, estreptococos e espiroquetas.

Durante as últimas décadas, esta divisão foi uma das mais representativas dentro da ordem e da classificação dos seres vivos. Nos últimos tempos, novos estudos e descobertas (principalmente em organismos unicelulares do Reino Monera) colocaram em dúvida esta classificação tradicional, dando origem a novos sistemas de classificação que são atualizados com os avanços no conhecimento da diversidade biológica.

ejemplos de ecosistema

Características do Reino Animal

  • Organização celular. São organismos eucarióticos (suas células têm um núcleo que armazena o material genético do organismo) e multicelulares (são formados por mais de uma célula). Em todos os animais (exceto nos mais simples), as células são organizadas para formar tecidos, que por sua vez são organizados para formar órgãos.
  • Nutrição. São heterotróficos, não produzem seu próprio alimento, mas se alimentam de outros seres vivos.
  • Reprodução. A maioria destes organismos se reproduz sexualmente.
  • Respiração. São aeróbicos, precisam de oxigênio para respirar e sobreviver.
  • Locomoção. A maioria dos animais é capaz de se locomover durante pelo menos parte de seu ciclo de vida.
  • Classificação. Podem ser classificados em invertebrados (insetos, crustáceos, moluscos) e vertebrados (mamíferos, répteis, anfíbios, peixes, aves).

Características do Reino Vegetal

  • Organização celular. São organismos eucarióticos multicelulares.
  • Nutrição. São autotróficos, pois obtêm seu alimento por meio da fotossíntese, um processo pelo qual convertem substâncias inorgânicas em matéria orgânica.
  • Reprodução. Reproduzem-se sexualmente e assexuadamente.
  • Respiração. São aeróbicas. Suas células contêm clorofila, um pigmento que capta a energia do sol para a fotossíntese. São indispensáveis nos ecossistemas, pois geram o oxigênio que outros organismos necessitam.
  • Locomoção. São organismos que não podem se mover por seus próprios meios.
  • Classificação. As plantas são classificadas em quatro grupos principais. O grupo das briófitas inclui os musgos, as hepáticas e as antocerófitas. As pteridófitas são plantas sem sementes, incluindo as samambaias e os licopódios. As gimnospermas são plantas com sementes nuas; este grupo inclui coníferas, cicadáceas, ginkgos e gnetófitas. Os angiospermas são plantas com sementes dentro de um fruto, esse grupo inclui dicotiledôneas e monocotiledôneas.
Reino Plantae - plantas

Características do Reino Fungi

  • Organização celular. São organismos multicelulares e unicelulares encontrados em habitats muito diversos e compartilham características com os reinos animal e vegetal.
  • Nutrição. São heterótrofos que secretam enzimas digestivas na fonte de alimento e depois o absorvem. Os fungos são os principais decompositores primários de matéria vegetal e animal morta. Além disso, formam relações simbióticas com outros organismos. São desprovidos de clorofila, o que significa que, diferentemente das plantas, não conseguem realizar a fotossíntese.
  • Reprodução. Reproduzem-se sexualmente e assexuadamente.
  • Respiração. A maioria respira aerobicamente, ou seja, depende de oxigênio para sobreviver. Alguns, como os que habitam os intestinos dos herbívoros, têm respiração anaeróbica, ou seja, não precisam de oxigênio para sobreviver.
  • Locomoção. Assim como os organismos do Reino Vegetal, os organismos do Reino Fungi não podem se locomover por seus próprios meios.
  • Classificação. Inclui cogumelos, leveduras e bolores. Inclui cogumelos, leveduras e bolores.
    Dentro dos cogumelos, há os que são comestíveis, os alucinógenos, aqueles que produzem doenças em animais e plantas, os tóxicos e os cogumelos medicinais.
Hongos - ejemplos

Características do Reino Protista

  • Organização celular. Consiste em organismos eucarióticos simples, unicelulares ou multicelulares. Não têm características distintivas que os agrupem.
  • Nutrição. Alguns organismos se alimentam autotroficamente (produzem seu próprio alimento), outros heterotroficamente (não produzem seu próprio alimento).
  • Reprodução. Alguns organismos se reproduzem de forma assexuada, outros de forma sexuada. Há espécies que alternam entre os dois tipos de reprodução.
  • Respiração. Usam oxigênio para extrair energia de substâncias orgânicas.
  • Locomoção. A maioria dos protistas pode se mover e se locomover (por reptilação ou por flagelos e cílios).
  • Classificação. Até recentemente, todos os protistas eram classificados como o Reino Protista, mas esta classificação era feita por padrão: os protistas incluíam qualquer eucarioto que não fosse uma planta terrestre, um fungo ou um animal. Na atualidade, os biólogos os classificam em cinco “supergrupos”: Excavata, Chromalvelata, Rhizaria, Archaeplastida e Unikonta.

Características do Reino Monera

  • Organização celular. São os menores e mais antigos organismos celulares de que se tem registro. Não possuem uma membrana que delimite o núcleo celular nem organelas na sua célula.
  • Nutrição. Podem ser autotróficos ou heterotróficos.
  • Respiração. Alguns dependem de oxigênio para sobreviver (são aeróbicos), outros organismos não precisam de oxigênio (são anaeróbicos)
  • Reprodução. Reproduzem-se assexuadamente por fissão binária ou bipartição.
  • Locomoção. Alguns organismos usam flagelos para locomoção.
  • Classificação. Os estudos mais recentes sustentam que estes organismos formam dois reinos diferentes: o Reino Archaea e o Reino Bacteria.
bacterias en laboratorio

Exemplos do Reino Animal

AbelhaFocaMosquito
ÁguiaAndorinhaMorcego
AvestruzPardalOvelha
CavaloHipopótamoPomba
CamarãoFormigaPavão
CameloIguanaPulga
ChimpanzéJavaliPolvo
CervoKiwi
CrocodiloLagartoRinoceronte
ColibriLagostaSalamandra
GambáCorujaSalmão
CôndorLoboSapo
CoelhoMinhocaSardinha
EscaravelhoLouroCobra
EscorpiãoRaiaTubarão
Estrela do marGuaxinimTartaruga
FlamingoMexilhãoTritão

Exemplos do Reino Vegetal

AbéliaCedroMagnólia
AbetoCerejeiraAgave americana
AcáciaCipresteMilho
OleandroCravoMalva
AbacateCouve-florMacieira
ÁlamoDáliaHortelã
ManjericãoGoiabeiraOliveira
SobreiroEucaliptoUmbu
AlgarroboEugêniaOrquídea
Aloe veraPitangueiraPalmeira
BegôniaSamambaiaCarvalho
CacauFigueiraRosa
CactoJacarandáSálvia
CalêndulaJasmimSoja
MaracujáLouroTrigo
Cana-de-açúcarLírioTulipa
PapaiaMadressilvaVioleta

Exemplos do Reino Fungi

Boletus edulisCogumelo-ostraMofo
Agário-das-moscasPenicillium chrysogenumCrepidotus caspari
Amanita-panteraFungo anêmona do marPhycomyces nitens
Rhizopus stolonifer (bolor de pão)Fusarium oxysporumPipa
Aspergillus parasiticusHuitlacochePortobello
PuffballHydnum repandumPycnoporus sanguineus
Boleto-de-pé-vermelho-amargoSilarcaCalvária vermiforme
Boleto SatanásLevedura de cervejaRhizopus stolonifer
Candida albicansFígado de boiCrista-de-galo
ChampignonBoleto baioAnjo da morte
Bola de neveBoleto dos pinheirosSaccharomyces exiguus
Boleto-doceTricoloma de são JorgeGanoderma lucidum
Bufa do diaboAgaricus campestrisCortinário violeta
Craterellus cornucopioidesMycena cyanorrhizaTrompeta dos mortos
Bola de carvãoPeziza venenosaRosa-dos-prados
Epidermophyton lOrelha-de-JudasTrichophyton rubrum
Agárido do litoralLaranjaMata-bois

Exemplos do Reino Protista

organismos microscopicos
RhodophytaAlveoladosPlasmodium falciparum
Algas pardasEuglenaPlasmodium malariae
Algas verdesForaminíferosPlasmodium vivax
Amoeba proteusGiardia lambliaPlasmopara viticola
Babesia canisChilomonasPseudomonilicaryon anser
Balantidium coliHaplosporidiumRadiolários
Besnoitia besnoitiProterospongiaRhinosporidium seeberi
NosemaLaurenciaStentor
GlobigerinaLeishmania donovaniStentor coeruleus
ChlamydomonasMacrocystis pyriferaTheileria parva
EudorinaProterospongiaTrachelomonas
CriptófitasNeosporaTrichomonas vaginalis
DermocystidiumPeranemaTrypanosoma brucei
DiatomáceasOpalinadosTrypanosoma cruzi
DinoflageladosParamécioVolvox
Eimeria teniellaPercolomonasAcanthocystis
Entamoeba histolyticaEntamoebaLeishmania,

Exemplos do Reino Monera

Acidilobus saccharovoransEscherichia coliMycobacterium leprae
Acinetobacter baumanniiEstafilococo doradoMycobacterium tuberculosis
ActinobactériasFerroplasmaMicoplasma
BacillusHaloacterium salinarumNeisseria
Bacillus thuringiensisHaloarqueasNeisseria gonorrhoeae
Bactéria púrpuraHalobacterium mediterraneiNeisseria meningitidis
Bactéria verde sulfurosaHaloquadratum walsbyiPyrodictium
Bifidobacterium adolescentisHelicobacterSalmonella
BrucellaHelicobacter pyloriShigella
Burkholderia cenocepaciaIgnicoccus hospitalisStaphylococcus
Burkholderia glumaeLactobacillusStreptomyces griseus
Campylobacter jejuniListeriaSulfolobus islandicus
cepa 121MethanomicrobiumThermoproteus
Clostridium,Methanopyrus kandleriThiomargarita namibiensis
CorynebacteriumMethanosaeta conciliiVibrio
Desulfurococcus mobilisMethanosarcina vacuolataVibrio cholerae
Enterobacter cloacaeMoraxella catarrhalisYersinia enterocolitica

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

, Equipo editorial, Etecé. Os cinco reinos. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/os-cinco-reinos/. Acesso em: 17 julho, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 27 junho, 2024
Última edição: 16 julho, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)