Exemplos de
Polímeros

Os polímeros são moléculas grandes (macromoléculas) constituídas pela união de duas ou mais moléculas menores chamadas monômeros. Os monômeros são ligados entre si por ligações covalentes.

Os polímeros são compostos muito importantes, pois alguns deles desempenham funções vitais nos seres vivos. Por exemplo: as proteínas, o DNA. Muitos deles estão presentes na natureza e em praticamente tudo ao nosso redor. Por exemplo: o plástico em um brinquedo; a borracha em pneus de carro; a lã em um suéter.

De acordo com a sua origem, os polímeros podem ser classificados em: naturais (como o amido ou a celulose), semi-sintéticos (como a nitrocelulose) e artificiais (como o nylon ou o policarbonato). Além disso, esses mesmos polímeros podem ser classificados de acordo com o mecanismo de polimerização (processo pelo qual os monômeros passam para formar uma cadeia e constituir um polímero), de acordo com sua composição química e com seu comportamento térmico.

Tipos de polímeros

De acordo com sua origem:

  • Polímeros naturais. São aqueles polímeros encontrados na natureza. Por exemplo: o DNA, o amido, a seda, as proteínas.
  • Polímeros artificiais. São aqueles polímeros criados pelo homem por meio da manipulação industrial de monômeros. Por exemplo: o plástico, as fibras, a borracha.
  • Polímeros semi-sintéticos. São aqueles obtidos pela transformação de polímeros naturais por meio de processos químicos. Por exemplo: a bentonita, a nitrocelulose.

De acordo com o processo de polimerização:

  • Adição: É um tipo de polimerização que ocorre quando a massa molecular do polímero é um múltiplo exato da massa do monômero. Por exemplo: o cloreto de vinila.
  • Condensação. É um tipo de polimerização que ocorre quando a massa molecular do polímero não é um múltiplo exato da massa do monômero. Isto acontece porque, na ligação dos monômeros, há perda de água ou de alguma molécula. Por exemplo: o silicone.

De acordo com a sua composição:

  • Polímeros orgânicos. São polímeros cuja cadeia principal consiste exclusivamente de átomos de carbono. Por exemplo: a lã, o algodão.
  • Polímeros orgânicos vinílicos. São polímeros cuja cadeia principal consiste exclusivamente de átomos de carbono. Por exemplo: o polietileno.
  • Polímeros orgânicos não vinílicos. São polímeros que têm átomos de carbono e oxigênio e/ou nitrogênio em sua cadeia principal. Por exemplo: os poliésteres.
  • Polímeros inorgânicos. São polímeros que não possuem átomos de carbono em sua cadeia principal. Por exemplo: os silicones.

De acordo com o seu comportamento térmico:

  • Termoestáveis. São polímeros que se decompõem quimicamente quando a temperatura aumenta. Por exemplo: a ebonite.
  • Termoplásticos. São polímeros que podem amolecer ou derreter quando aquecidos e depois recuperar suas propriedades quando resfriados. Por exemplo: o nylon.
  • Elastômeros. São polímeros que podem ser facilmente manipulados e moldados sem perder as suas propriedades e estruturas. Por exemplo: a borracha, o silicone.

Exemplos de polímeros

  1. Borracha
  2. Papel
  3. Amido
  4. Proteínas
  5. ARN e DNA
  6. Borracha vulcanizada
  7. Nitrocelulose
  8. Nylon
  9. PVC
  10. Polietileno
  11. Policloreto de vinila

Como citar?

Citar la fuente original de donde tomamos información sirve para dar crédito a los autores correspondientes y evitar incurrir en plagio. Además, permite a los lectores acceder a las fuentes originales utilizadas en un texto para verificar o ampliar información en caso de que lo necesiten.

Para citar de manera adecuada, recomendamos hacerlo según las normas APA, que es una forma estandarizada internacionalmente y utilizada por instituciones académicas y de investigación de primer nivel.

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Polímeros. Enciclopédia de Exemplos, 2024. Disponível em: https://www.ejemplos.co/br/polimeros/. Acesso em: 8 junho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica (Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Aplicadas. Havana, Cuba). Doutora em Ciência e Tecnologia (Universidad Nacional de Quilmes, Buenos Aires, Argentina).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS, Brasil), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur).

Data de publicação: 25 maio, 2024
Última edição: 29 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)